Connect with us

Geral

Trump diz que Irã nunca terá arma nuclear

Após morte de general, Irã declarou que vai enriquecer urânio além dos limites; em 2018, Trump retirou os EUA do acordo nuclear de 2015, cumprindo uma de suas principais promessas de governo.

Kelly Dias Santos

Published

on

Após morte de general, Irã declarou que vai enriquecer urânio além dos limites; em 2018, Trump retirou os EUA do acordo nuclear de 2015, cumprindo uma de suas principais promessas de governo.

Donald Trump com Melania Trump e o filho Barron no dia 5 de janeiro de 2020 — Foto: Mike Theiler/Reuters

O presidente dos Estado Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (6) que o Irã nunca terá uma arma nuclear.

A assessora da Casa Branca Kellyanne Conway afirmou, mais cedo, que Trump está aberto a renegociar o acordo nuclear com o Irã se o país “começar a se comportar como um país normal”.

  • Irã diz que nível de enriquecimento de urânio no país não terá mais limites
  • Helio Gurovitz: Irã mais perto da bomba

Em 2018, cumprindo uma de suas principais promessas de governo, Trump retirou o seu país do acordo multilateral firmado por seu antecessor, Barack Obama, em 2015.

O Irã afirmou em comunicado no domingo (5) que seu trabalho de enriquecimento de urânio não respeitará mais o acordo nuclear de 2015, que limitava o nível de enriquecimento a 3,6%, e que sua produção não terá mais restrições.

O anúncio foi feito depois que o Conselho de Segurança Nacional iraniano fez uma reunião de emergência para discutir a política nuclear do país após o assassinato do general Qassim Soleimani, morto em um ataque aéreo dos Estados Unidos em Bagdá na semana passada.

O governo de Teerã afirmou na nota que retornaria ao acordo nuclear se as sanções impostas pelos Estados Unidos contra o país fossem removidas e os interesses do Irã fossem garantidos.

Além de não mais limitar o nível de enriquecimento de urânio, o Irã afirmou que a quantidade do elemento químico enriquecido armazenada em seus estoques, bem como as pesquisas para o desenvolvimento de suas atividades nucleares, também serão irrestritas.

O urânio de baixo enriquecimento é usado para produzir combustível para reatores nucleares, mas, potencialmente, pode servir para a produção de armas nucleares.

O país assinalou, no entanto, que “a cooperação do Irã com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, que fiscaliza o programa nuclear de Teerã) será mantida”.

Fonte : https://g1.globo.com/

Advertisement
Advertisement
Advertisement EuTeSalvo - Salvando os melhores blogs!
Enable Notifications    OK No thanks