conecte-se conosco

Geral

Três acidentes registrados pela PRF na região

Avatar

Publicado

em

MANHUAÇU (MG) – A Polícia Rodoviária Federal registrou três acidentes nas BRs 116 e 262, nas últimas 24 horas, deixando quatro pessoas feridas e uma morta. Além do grave acidente ocorrido no km 47, da BR 262, na sexta-feira, que deixou quatro pessoas feridas e uma morta, a PRF registrou ainda outros dois acidentes.

No KM 44, da BR-262, próximo ao clube de cabos e soldados, uma carreta bi-trem carregada de madeira tombou na chamada “curva das bananeiras”. O veículo foi retirado do local ainda na sexta-feira e a carga retirada no fim de semana.

Ainda na sexta-feira, 12/01 uma colisão entre dois automóveis foi registrada no km 607 da BR 116 e acordo com Edson Rhodes a causa na maioria das vezes é a imprudência dos condutores. “O excesso de velocidade e a negligência tem causado muitos acidentes nas nossas rodovias e alguns deles ceifando a vida de nossos entes queridos. Neste acidente da BR 116, uma conversão proibida, semelhante à que os motoristas realizam no perímetro urbano de Manhuaçu, ali próximo à antiga Adril, foi a causa deste acidente”, disse Edson Rhodes.

A colisão envolveu um VW Golf e um GM Celta. O condutor do Golf aguardava no acostamento na saída do posto e ia seguir sentido São João do Manhuaçu, quando o motorista do Celta, que vinha de São do Manhuaçu, entrou no pátio do posto de combustíveis e bateu de frente com o Golf. “O Correto ao fazer uma conversão numa rodovia, é ir para o acostamento da sua pista, observar o fluxo do trânsito e só depois cruzar a via. Só que isso na maioria das vezes não acontece e o resultado pode ser esse”, completa Rhodes.

Já na manhã deste sábado 13/01, a PRF atendeu a mais um acidente na BR 262, praticamente no mesmo local onde um outro acidente deixou uma pessoa morta na sexta-feira, 12/01.

Uma carreta bi trem carrega com blocos de pedra tombou no km 47, entre Manhuaçu e Realeza. “O veículo seguia sentido ao Espírito Santo. O motorista disse que a carga puxou o veículo fazendo com que ele tombasse. Acredita-se que ele estivesse com a velocidade incompatível com a via e o peso da carga contribuiu para que o acidente acontecesse. Graças a Deus foram apenas danos materiais”, ressalta o PRF.

Motoristas devem ficar atentos ao trafegar pelo trecho entre Manhuaçu e Realeza, a carreta continua no local e dois dos três blocos de pedras estão às margens da rodovia e o trabalho para retida dos mesmos e da carreta deve acontecer durante o fim de semana.

 

Com informações Jailton Pereira – portal caparao

Brasil

Segunda vítima do novo coronavírus em Minas morreu três dias depois da internação, diz hospital

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

Vinicius Silva

Publicado

em



Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença — Foto: Getty Images

 

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

O homem de 66 anos que morreu vítima do novo coronavírus em Belo Horizonte ficou três dias internado. De acordo com o Hospital Semper, ele chegou na última sexta-feira (27) em estado grave e foi direto para o Centro de Tratamento intensivo (CTI).

O paciente, que não teve o nome divulgado, tinha cardiopatia e diabetes. Ainda segundo o hospital, todo o protocolo de tratamento da covid-19 foi seguido, mas ele não resistiu e morreu nesta segunda-feira (30).

Esta foi a segunda morte por novo coronavírus confirmada em Minas Gerais pela Secretaria de Estado de Saúde.

O homem ficou em isolamento durante todo o período em que esteve na unidade. O número de leitos do Semper, que é um hospital particular, passou de 30 para 48 na tentativa de atender os pacientes com covid-19.

Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença e 34.224 casos suspeitos. Além disso, outras 40 mortes estão em investigação no estado.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo

Brasil

Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março

5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

Vinicius Silva

Publicado

em



Secretarias estaduais de saúde contabilizam 5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 22h00 desta terça-feira (31), 5.812 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil.

O governo do Amazonas confirmou a terceira morte no estado e em Minas Gerais constatada a segunda morte pela doença. A primeira morte também foi confirmada em Alagoas. No começo da tarde, a Paraíba confirmou a primeira morte. O Distrito Federal registra três casos fatais da Covid-19 e o Mato Grosso do Sul teve seu primeiro caso. Pernambuco confirmou sete mortes. Com isso, chega a 202 o número de mortos pela Covid-19 no país. São Paulo registra 136 mortes e o Rio de Janeiro tem 23 casos fatais da doença.

O governo do Pará também atualizou os números nesta manhã e agora são 32 casos da doença no estado. Minas Gerais tem 275 casos confirmados e subiu para 10 o número de casos no Amapá. O governo de Sergipe confirmou mais dois casos nesta terça e Pernambuco chegou aos 87 casos confirmados.

O Rio Grande do Sul atualizou o número de casos para 305. Goiás chegou a 65 casos e o Rio Grande do Norte tem 82 infectados pela doençaBahia tem 217 casos confirmados, o Distrito Federal tem 333 e Santa Catarina registra 235 casos.

Ministério da Saúde atualizou seus números nesta terça-feira (31), informando que o Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março).

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas