conecte-se conosco

Entretenimento

Queen, Lady Gaga e outros shows levarão clima de Grammy a Oscar sem apresentador

Avatar

Publicado

em

Banda com Adam Lambert como vocalista iniciará cerimônia no domingo (24) com uma apresentação ao vivo que comemorará o sucesso de bilheteria de ‘Bohemian Rhapsody’.

Não haverá um apresentador na cerimônia do Oscar, que tampouco começará com o monólogo tradicional em que celebridades e políticos são satirizados.

Mas graças à banda de rock Queen, à estrela pop Lady Gaga e aos dois musicais na disputa pelo melhor filme, a celebração das maiores honrarias da indústria cinematográfica no domingo terá um clima musical atipicamente forte agora que se empenha em reconquistar as audiências televisivas.

O Queen, com Adam Lambert como vocalista principal, iniciará o show de 24 de fevereiro com uma apresentação ao vivo que comemorará o sucesso de bilheteria de “Bohemian Rhapsody”, indicado ao prêmio de melhor filme, disse um representante do grupo britânico.

Bette Midler, Jennifer Hudson, Jennifer Lopez e o produtor musical Pharrell Williams também devem comparecer ou subir ao palco, assim como o ator Daniel Craig, dos filmes de James Bond, a campeã de tênis Serena Williams, Chadwick Boseman, astro de “Pantera Negra”, e as comediantes Tina Fey e Amy Poehler.

São poucos os detalhes sobre o primeiro Oscar em 30 anos sem um apresentador, o que desperta a curiosidade para a última e mais importante premiação da temporada.

O comediante Kevin Hart desistiu de apresentá-la em dezembro depois que tuítes homofóbicos que publicou no passado vieram a público.

Uma coisa é certa: o espetáculo da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos não será mais curto.

Uma promessa feita à rede ABC de limitar a transmissão a três horas foi arruinada na semana passada quando a Academia se curvou a protestos e desistiu do plano de entregar quatro dos 24 Oscars durante os intervalos comerciais.

Fonte: Reuters – G1

Continue lendo
Publicidade

Entretenimento

Musa da Sossego chamada de ‘feia’ em rádio comenta: ‘Mulher tem que ser respeitada’

Avatar

Publicado

em

‘Temos que acabar com esses paradigmas, chega das mulheres ficarem acorrentadas a um padrão. Eu me amo’, diz Michelly Boechat, que apostou em um maiô cavadíssimo.

Michelly Boechat, musa da Acadêmicos do Sossego, chamou atenção no Setor 1 com um maiô cavadíssimo e sua boa forma. Mas há cerca de um mês passou por um episódio de bullying que quase tirou sua vontade de desfilar.

A morena foi chamada de ‘feia’ e recebeu comentários críticos sobre sua aparência em um programa de rádio. As declarações geraram polêmica e acabaram até tirando o quadro do ar.

“Já passou, joguei isso para o universo. Mas tive que colocar a boca no trombone. Mulher tem que ser respeitada! Não existe mulher feia. Temos que acabar com esses paradigmas, chega das mulheres ficarem acorrentadas a um padrão. Eu me amo. Sei meus defeitos, mas amo até as minhas imperfeições”, afirma.

Questionada que recado deixaria para as mulheres, Michelly diz: “Se aceitem do jeito que são. Temos que gritar e dizer que chega, temos que lutar. Unir forças ao invés de ficar umas contra as outras”.

Michelly Boechat, Musa do Acadêmicos do Sossego, é clicada por fotógrafos na Sapucaí — Foto: Marcos Serra Lima/G1
Michelly Boechat, Musa do Acadêmicos do Sossego, é clicada por fotógrafos na Sapucaí — Foto: Marcos Serra Lima/G1


Fonte: Juliana Maselli, G1.globo.com Rio

Continue lendo

Entretenimento

Musa fitness Renata Spallicci estreia como rainha da bateria da Barroca Zona Sul com dieta de 35 claras de ovo por dia

Avatar

Publicado

em

Musa da Barroca Zona Sul, Renata Spallicci mostra parte da fantasia — Foto: Celso Tavares/G1

‘Sinto fraqueza, mas vale a pena para estar maravilhosa na avenida’, diz a musa.

A musa fitness Renata Spallicci fez dieta com 35 claras de ovo por dia para estrear como rainha de bateria da Barroca Zona Sul na noite desta sexta-feira (21). A escola é a primeira a entrar no Sambódromo do Anhembi para apresentar seu desfile sobre Tereza de Benguela, líder quilombola do Mato Grosso.

“Hoje só comi biscoito de arroz, uva passa e uma salada. Mas esta semana teve um dia só com 35 claras, um dia só de peixe. Estou tomando isotônico. Senti fraqueza porque tirei o sal. Mas vale a pena e, como sou atleta, estou acostumada”, disse a rainha ao G1.

Renata afirma estar emocionada por estrear no cargo de rainha de bateria. “É totalmente diferente, desde a responsabilidade até a emoção. Eu estou muito feliz e emocionada, toda vez que eu falo eu começo a chorar”, disse ela, de olhos marejados.

Musa fitness Renata Spallicci se prepara para desfilar como rainha de bateria da Barroca Zona Sul — Foto: Celso Tavares/G1
Musa fitness Renata Spallicci se prepara para desfilar como rainha de bateria da Barroca Zona Sul — Foto: Celso Tavares/G1

A fantasia de Renata vai representar a riqueza da África que foi usurpada. Ela tem 50 mil cristais Swarovski vindos da Áustria para o grande dia.

“Eu estou muito feliz porque fui abraçada pela comunidade. Quando decidi ir para a escola e tudo o que vivi foi de muita troca e energia. Estou feliz, agradecida, com uma responsabilidade enorme, mas pronta para fazer um desfile maravilhoso.”

Neste ano, a Barroca Zona Sul volta ao grupo especial após 15 anos e abre os desfiles de sexta com um samba-enredo que reconta a história da quilombola Tereza de Benguela, primeira mulher a liderar o quilombo do Quariterêre, resistindo à escravidão imposta aos negros do Mato Grosso, no século XVIII.

Fonte: Bárbara Muniz Vieira, G1.globo.com SP


Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas