Connect with us

Esportes

Presidente do Santos rebate Sampaoli: “Tudo o que ele me pediu eu fui buscar”

Publicado

em

José Carlos Peres fala sobre demora na contratação de um centroavante, cobrada publicamente pelo técnico argentino; Uribe segue nos planos

Um dia após o técnico Jorge Sampaoli criticar a diretoria do Santos por conta da demora para contratar um centroavante, o presidente José Carlos Peres concedeu entrevista coletiva e respondeu à reclamação do treinador.

Peres afirmou que “buscou tudo que ele pediu” no mercado e que não contratará um camisa 9 “da noite para o dia”.

– Nenhuma vez um treinador teve tantos jogadores cedidos como fui buscar. Busquei tudo que pediu, agora é o 9. Como foi o 3. Busquei dois 3 de nível. Volante, e aí por diante. O 9 é a maior dificuldade, Santos tem padrão de pagamento e de salário. Não vai ser da noite para o dia. Ambas as partes precisam entender isso. Tem que fazer o sacrifício – falou Peres, em entrevista coletiva após a apresentação de Marinho.

Perguntado se a fala de Sampaoli o decepcionou, Peres afirmou que faria a mesma coisa do comandante.

– Entendo, o treinador está certo. O que me encanta é a vontade de ser campeão, vontade extrema. Quer o melhor. E temos que valorizar muito isso. Força para ter time forte. Mas clube tem que tomar cuidado para não quebrar. De forma alguma (chateou). Se eu tivesse no lugar dele, faria a mesma coisa. Não me senti ofendido. A ansiedade dele é a minha. Estou na linha dele, estamos juntos nisso. Estamos tentando, é verdade, mas clube tem que tomar cuidado – afirmou Peres

Uribe

Sobre Uribe, do Flamengo, principal nome trabalhado pelo Santos no momento, Peres explicou o que vem travando a negociação com o atacante.

– Todas as transações esbarram no salário. Menino da base esbarra no salário, no exagero. Não é especificamente o Uribe, é de todas. Uma realidade que temos que aceitar. Mercado de cinco anos atrás era completamente diferente. Esbarramos no parâmetro criado, de uma maneira que se quebra o clube. Vamos trazer, sim, e posso trazer uma dúzia amanhã, mas não é o caso. É o específico, do perfil que Sampaoli precisa.

Peres voltou a falar que “no Brasil não tem um 9” e garantiu que o Santos “não fará loucuras” no mercado.

– Hoje não tem 9. É o Uribe que tentamos. Estamos perseguindo um 9, não podemos fazer loucuras. O Santos tem um orçamento, fizemos esforço para contratar 11. Não faremos loucuras. Não posso aumentar a folha sem poder pagar como outros grandes. Não quero fazer isso. Farei o possível para trazer o mais breve possível – concluiu.

Fonte: Caíque Stiva* e Gabriel dos Santos — Santos, SP – globoesporte.globo.com

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enable Notifications    OK No thanks