Connect with us

Esportes

Pai de Alexandre Pato decide onde o filho deve jogar

Avatar photo

Publicado

em

O pai de Alexandre Pato, ex-Corinthians e Internacional, revelou recentemente que quer ver o centroavante vestindo as cores do Internacional mais uma vez. No futebol brasileiro, é natural que os jogadores acabem retornando ao time que os revelaram, com Pato não deve ser diferente, visto que já atuou na Europa e em outros lugares.

De acordo com informações reveladas pelo site ‘Revista Colorada’, além de pai de Alexandre Pato, Geraldo Rodrigues é torcedor do Internacional. Sendo assim, ele teria admitido que gostaria de ver o filho mais uma vez no Clube do Povo. Porém, admitiu que não houve sondagens para isso acontecer.

“A gente gostaria sim, porque ele saiu daí. Mas neste momento não tem nada. Existem sondagens de outros clubes do Brasil, mas do Inter não teve nada”, revelou Geraldo em entrevista ao portal. Vale destacar que Alexandre Pato está livre no mercado depois de rescindir com o Orlando City, dos Estados Unidos. Agora, aguarda as propostas dos clubes.

Trajetória de Alexandre Pato, ex-jogador do Corinthians 

O jogador foi revelado pelas categorias de base do Internacional em 2006. O centroavante foi peça importante para a conquista do Mundial de Clubes do mesmo ano. Alexandre Pato acabou saindo para o Milan, da Itália, em 2007. No entanto, o atleta acabou caindo de produção e voltou ao Brasil, contratado pelo Corinthians em 2013.

Emprestado pelo Corinthians, Pato jogou no São Paulo e Chelsea. Depois, foi contratado pelo Villarreal, da Espanha, por uma temporada. Em 2017, o jogador foi para o futebol chinês, onde atuou no Tianjin Tianhai. Retornou ao Brasil em 2019, chegando ao São Paulo. Após passagem no clube paulista, foi para o Orlando City.

Fonte: r7.com

Esportes

Presidente do Bellator explica recusa de Anderson Silva para despedida de Fedor: ‘Desgaste’

Avatar photo

Publicado

em

O sonho de muitos fãs de MMA era assistir ao confronto entre Anderson Silva e Fedor Emelianenko. O embate esteve perto de acontecer na despedida do russo do esporte, que vai acontecer no próximo sábado (4), pelo Bellator 290. Scott Coker, presidente da franquia americana, contou que antes de fechar com Ryan Bader, negociou com “Spider”.

“Uma das conversas com outros lutadores foi com Anderson (Silva). Ele escolheu apenas lutar Boxe, queria fazer a luta contra Jake Paul e disse que o desgaste em seu corpo para lutar MMA era duro demais. Então, ele recusou a luta. Não acredito que essa luta vá acontecer em nível nenhum, porque já oferecemos a ele”, comentou.

Aos 46 anos, Fedor vai colocar ponta final na carreira, onde ostenta a marca de 40 triunfos, apenas seis derrotas e o rótulo de maior peso-pesado de todos os tempos. O russo fez história ao ficar mais de dez anos invicto e ser campeão do extinto Pride, com triunfos memoráveis.

Com 47 anos, Anderson Silva deixou o UFC em 2020, onde foi campeão dos médios e obteve a impressionante marca de dez defesas de título. Após sair do Ultimate, passou a lutar Boxe e registra quatro lutas, com duas vitórias, um empate e uma derrota. A última apresentação foi justamente o revés para o youtuber Jake Paul no fim de 2022.

Fedor Emelianenko vai encerrar a carreira no MMA (Foto Bellator MMA)
Para conferir mais notícias sobre Anderson Silva e Fedor Emelianenko, clique aqui

Fonte: r7.com

Continue lendo

Esportes

Glover Teixeira revela que não pretendia se aposentar do MMA e cita causas que motivaram decisão

Avatar photo

Publicado

em

Ao ser derrotado por Jamahal Hill em disputa de cinturão meio-pesado no UFC Rio, Glover Teixeira surpreendeu muitas pessoas ao anunciar sua aposentadoria do MMA. Apesar dos 43 anos de idade, o brasileiro, até mesmo na semana do seu combate diante do americano, afastava a possibilidade de se aposentar das artes marciais mistas, afirmando ter paixão pelo esporte e que pretendia seguir lutando por mais alguns anos.

Menos de duas semanas após o revés na decisão unânime para Jamahal Hill na luta principal do UFC Rio, Glover Teixeira surgiu em suas redes sociais para deixar uma mensagem em vídeo para os fãs. Ainda se recuperando dos ferimentos sofridos no combate, o mineiro de Sobrália voltou a deixar claro que não era sua intenção se aposentar do MMA, mas a forma como se desenrolou o combate e os recentes cortes de peso para suas últimas lutas no UFC motivaram a decisão de deixar o esporte como atleta profissional.

“Estou aqui na academia hoje, vim dar uma suadinha, e está todo mundo me perguntando sobre aposentadoria, inclusive o Caio, os meus parceiros de treino… Foi surpresa para todo mundo. E foi surpresa mesmo, porque eu não estava planejando me aposentar. Planejava ganhar o cinturão e continuar. Mas como a luta foi, como o corte de peso está sendo muito difícil…

Os últimos cortes de peso têm sido difíceis pra caramba, e do jeito que a luta foi, eu resolvi ali parar e dar uma mudança para outra etapa da minha vida. Simplesmente quero agradecer a todos vocês, todos os fãs, todas as pessoas que me ajudaram a chegar ao topo, chegar ao lugar que eu estou. E ‘vambora’, vamos para a próxima etapa. Oss! Obrigado por tudo”, disse o ex-campeão meio-pesado do Ultimate.

Glover Teixeira encerra a sua carreira no MMA com 33 vitórias (18 por nocaute, 10 por finalização e cinco por decisão) e nove derrotas. O brasileiro lutava pelo UFC desde o ano de 2012, e ao longo dessa trajetória, venceu nomes como Quinton “Rampage” Jackson, Ryan Bader, Rashad Evans, Anthony Smith, Thiago Marreta e Jan Blachowicz. Além de ter conquistado o cinturão meio-pesado em 2021, Glover ainda travou batalhas contra Alexander Gustafsson e Jon Jones, outros nomes lendários da divisão até 93kg.

Glover Teixeira anunciou sua aposentadoria do MMA aos 43 anos de idade (Foto: Reprodução/UFC)
Para conferir mais notícias sobre Glover Teixeira, clique aqui


Fonte: r7.com

Continue lendo

Esportes

Jogador do Palmeiras sofre fratura evira problemão para Abel Ferreira

Avatar photo

Publicado

em

O Palmeiras sofreu um desfalque nas vésperas do duelo contra o Mirassol, na última quarta-feira (1). O goleiro Marcelo Lomba teve constatada uma fratura em um dos dedos da mão esquerda e precisará ficar de fora por tempo indeterminado.

O camisa 42 certamente seria um dos titulares na vitória sobre o Leão por 2 a 0, pelo Campeonato Paulista. Visando ter o time inteiro fisicamente no clássico contra o Santos, no próximo sábado (4), o técnico Abel Ferreira mandou a campo uma equipe praticamente inteira reserva, com exceção de Weverton.

Aliás, só a presença do arqueiro titular entre os onze iniciais deve ter pego alguns palmeirenses de surpresa, uma vez que naturalmente o reserva imediato é quem deveria ter ganhado minutos para atuar.

Contratado no fim de 2021 para ser o suplente imediato da posição, Lomba caiu nas graças do torcedor palestrino, apesar das poucas partidas disputadas. O experiente jogador de 36 anos mostrou segurança todas as vezes que foi acionado e até o momento está invicto pelo Verdão.

São doze partidas realizadas pelo arqueiro, sendo sete vitórias e quatro empates. Além disso, ele já faturou um Paulista, um Brasileirão, uma Recopa Sul-Americana e uma Supercopa.

Palmeiras venceu e retomou a liderança

O Alviverde encontrou certas dificuldades para bater o Mirassol, fora de casa. Depois de um primeiro tempo ruim, os comandados de Abel melhoraram na segunda etapa e saíram com o triunfo.

Giovani, que entrou no segundo tempo, foi o craque do jogo. A Cria da Academia era a peça de improviso que faltava para o Palestra modificar a partida e, dos pés dele, se originaram as assistências para os dois tentos do time.

Com o resultado positivo, o Palmeiras retomou a primeira colocação do Grupo D com onze pontos conquistados, um a mais que o Santo André, o vice-líder.

Fonte: r7.com

Continue lendo
Publicidade


Mais lidas