conecte-se conosco

Policia

Mulher é morta pelo ex-marido com golpe de machado na cabeça

Avatar

Publicado

em

A equipe de Jornalismo do Super Canal acompanhou durante a manhã dessa quinta-feira (6), o deslocamento da Polícia Militar, Perícia Técnica da Polícia e serviço funerário, pela MG-474, com destino a São João do Jacutinga. Depois o caminho foi por uma estrada vicinal, que leva até o local do homicídio, no Córrego Volta Grande, pertencente a Patrício, distrito de Caratinga.

No local, populares, amigos e familiares perplexos com tamanha crueldade. A arma utilizada para cometer o crime covarde, foi um machado, deixado pelo suspeito nas proximidades do fato.

A cama onde Denise Silva, de 42 anos, foi morta estava coberta de sangue. A princípio, o golpe de machado foi somente na região da cabeça da vítima. O principal suspeito de cometer o crime, Joseli Mota Pereira, de 42 anos, deixou o local de carona após matar a ex-mulher.

Em uma ação rápida da Polícia Militar, que foi acionada momentos após os fatos, conseguiu efetuar a prisão de Joseli, dentro do distrito de Patrocínio. A motivação do crime teria sido motivada por conta de uma briga que ambos tiveram pela manhã.

Os trabalhos periciais foram realizados no local e a arma usada no crime foi recolhida para análises. Conforme apurado pela PM, Joseli já é conhecido no meio policial e é oriundo do Vale do Aço.

O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Caratinga e ficará à disposição da autoridade de plantão.

 

Com informações da TV Super Canal

Policia

Polícia Civil prende em Manhuaçu MG suspeito de matar a mãe da namorada

Avatar

Publicado

em

Polícia Civil prende em Manhuaçu (MG) – A Delegacia Especializada de Homicídios de Santa Luzia, com apoio da Delegacia Regional de Manhuaçu e a Delegacia de Polícia de Matipó, prendeu nesta sexta-feira, 31/01, Leonardo Aparecido Soares Vieira (Nego Leo), 38 anos.

A ação ocorreu em razão de mandado de prisão preventiva, expedido num Inquérito Policial que investigou o feminicídio de Elisangela da Silva Amorim, em janeiro de 2018, na região de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. O suspeito estava foragido desde a época dos fatos.

O CRIME

O crime aconteceu na rua Rio Pardo, no bairro Santa Matilde, segundo a Polícia Militar (PM). A mulher teria proibido o relacionamento por considerar o mesmo muito conturbado.

Elizângela da Silva Amorim e a filha adolescente eram ameaçadas pelo suspeito, conhecido como “Nego Leo”, desde a proibição do relacionamento, sendo que elas chegaram inclusive a registrar uma ocorrência contra o homem e pedir uma medida protetiva.

Na tarde de 16 de janeiro de 2018, policiais militares do 35º Batalhão da PM receberam denúncia anônima de que uma mulher havia sido baleada no endereço da vítima, onde Elisângela foi encontrada já morta, caída no chão da sala. O Samu foi chamado e confirmou o óbito.

Uma outra filha da vítima, de 9 anos, contou aos PMs que o suspeito chegou na casa, discutiu com a mãe e atirou nela. O marido da vítima, que não estava em casa, foi localizado e confirmou que a mulher vinha sendo ameaçada de morte pelo autor do crime, que não se conformava com o fim do namoro.

O celular de Elisângela foi entregue aos militares e havia diversas ameaças de morte do homem contra ela. A filha de 16 anos também confirmou que vinha sendo ameaçada de morte, que registrou boletim de ocorrência e até pediu medida protetiva.

“Nego Leo” fugiu depois do crime e não foi localizado pela polícia. Segundo a perícia, Elisângela levou um tiro na região lombar, que transfixou. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Santa Luzia e a Polícia Civil abriu inquérito para apurar o homicídio.

Redação do Portal Caparaó com informações do Jornal O Tempo

Continue lendo

Policia

Dois homens são assassinados dentro de carro na zona rural de Mutum

Avatar

Publicado

em

MUTUM (MG) – Dois operários de uma pedreira em Imbiruçu foram assassinados na estrada na zona rural de Mutum, na manhã desta segunda-feira, 20/01. Os homens são residentes em Venda Nova do Imigrante (ES).

Por volta de 6:30 desta segunda, a Polícia Militar foi acionada por moradores que ouviram o barulho de disparos de arma de fogo. Os dois operários foram encontrados baleados dentro de uma picape Strada.

O Comandante do Pelotão da PM de Mutum, Tenente Douglas, relata que o carro foi encontrado tombado com os corpos dos dois operários. “Ao chegarmos no local da ocorrência, visualizamos um veículo Fiat Strada tombado lateralmente numa estrada que fica abaixo da estrada vicinal e, após aproximarmos, visualizamos dois corpos dentro do veículo. Foram localizados alguns estojos de munição calibre 380 deflagrados em meio aos corpos e ao veículo”.

Paulo Sergio Marques, 39 anos, e Marcelo de Agustini, 50 anos, são moradores de Venda Nova do Imigrante (ES) e trabalhavam numa pedreira localizada na zona rural do distrito de Mutum, que fica bem próxima à divisa com o Espírito Santo.

Denúncia apontou aos policiais que moradores ouviram vários disparos de arma de fogo e visualizaram duas motocicletas saindo do local em alta velocidade. No entanto, ninguém apresentou mais informações ou suspeitos. “Foram vistas duas motocicletas, com dois ocupantes em cada, próximas ao local dos fatos, sendo uma delas uma Titan ou CG preta e uma Bros vermelha. Moradores ouviram disparos e viram o veículo capotando pela ribanceira onde foi localizado. As motos fugiram sentido ao estado do Espírito Santo em alta velocidade”, detalha o oficial.

Equipes da Polícia Militar realizaram vários levantamentos na tentativa de identificar autores.

Segundo a PM, descobriu-se que, antes do fato, os autores estavam próximo à residência das vítimas num povoado de Venda Nova do Imigrante.

Fonte : Carlos Henrique Cruz – Portal Caparaó

Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas