Connect with us

Brasil

Ministério da Saúde cancela coletiva na qual deveria apresentar detalhes de diretrizes sobre distanciamento

O anúncio das diretrizes para a saída do isolamento que seria feito nesta quarta-feira (13) foi adiado

Publicado

em

Governo e conselhos de secretários não chegaram a consenso em reunião nesta tarde. Mais cedo, Bolsonaro fez cobrança pública a Teich após ministro criticar cloroquina.

O anúncio das diretrizes para a saída do isolamento que seria feito nesta quarta-feira (13) foi adiado. A reunião com os conselhos estaduais e municipais de saúde não chegou a um consenso. O ministro da saúde, Nelson Teich, afirmou na última segunda-feira (11) que era necessário debater com estados e municipios as diretrizes.

A coletiva de imprensa que revelaria o resultado desta conversa, marcada para a tarde desta quarta (13), foi cancelada. Em nota, o Ministério da Saúde informou que desde o último sábado (9), “a estratégia tem sido debatida com os conselhos dos secretários de saúde estaduais e municipais, o Conass e o Conasems”.

“O objetivo era ter um plano construído em consenso. No entanto, esse entendimento não foi obtido nas reuniões conduzidas até o momento”, diz a nota.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) divulgaram uma nota conjunta afirmando que acham o momento inoportuno para a pactuação e publicação das diretrizes sobre distanciamento social.

“Este é o momento de salvar vidas. Precisamos de um único consenso agora: a saúde e a vida das pessoas não pode esperar. União, estados e municípios devem somar esforços no enfrentamento da pandemia, para o bem de todos os brasileiros”, afirmou Alberto Beltrame, presidente do Conass.

Cloroquina: Bolsonaro x Teich

O cancelamento da coletiva ocorre ainda no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o remédio cloroquina e pediu ministros ‘afinados’ com ele. Isso porque Teich escreveu em sua conta no Twitter na terça-feira (12) que a cloroquina apresenta efeitos colaterais e que a prescrição deve ser feita em comum acordo entre paciente e médico. Um dos principais efeitos colaterais do remédio são complicações cardíacas; além disso, estudos recentes mostram que ela não teve eficácia contra o coronavírus.

“Todos os ministros são indicações políticas minhas e quando eu converso com os ministros eu quero eficácia na ponta. Nesse caso, não é gostar ou não do ministro Teich, é o que está acontecendo”, disse Bolsonaro.

Debate das diretrizes com os conselhos

Na última segunda-feira (11) o ministro da Saúde, Nelson Teich, divulgou uma prévia das diretrizes que devem orientar estados e municípios em suas decisões sobre medidas de isolamento social contra o novo coronavírus.

“A gente vai tá sempre junto. Isso é um trabalho das três esferas, tanto nas ações, quanto do planejamento. Na quarta vamos apresentar de forma mais detalhada”. – Nelson Teich, ministro da Saúde

O primeiro ponto das diretrizes é a “Avaliação de Riscos Quantitativa”, na qual o ministério lista 5 eixos que devem ser avaliados. A situação em cada um deles leva a uma pontuação que vai indicar a “definição dos níveis de distanciamento” e as “medidas a serem tomadas”.

Segundo Teich, a ferramenta vai estar disponível para estados e municípios a partir de quarta-feira. No mesmo dia o ministério vai apresentar detalhes das diretrizes. Um dos pontos que o ministro disse que será esclarecido futuramente é qual a indicação de distanciamento em cada nível de risco.

O ministro disse que ainda vai conversar com representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) sobre as diretrizes em busca de um consenso. Teich disse que já tinha conversado com os conselhos no sábado e que foi surpreendido nesta terça com reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” de que houve rejeição à proposta dentro dos órgãos.

Fonte: g1.globo.com

Publicidade

Brasil

Fiscalização interrompe baile da terceira idade com 190 idosos durante ‘toque de restrição’ em SP

Publicado

em

Fiscais do Procon vistoriam na madrugada deste domingo (28) estabelecimentos que descumpriram a restrição de circulação determinada pelo governo de São Paulo das 23h às 5h. — Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Fiscais da Vigilância Sanitária Estadual interromperam na madrugada deste domingo (28) um baile da terceira idade com mais de 190 idosos no bairro da Penha, na Zona Leste da cidade de São Paulo.

A festa descumpria o chamado “toque de restrição”, medida adotada pelo governo de São Paulo desde sexta-feira (26) com o objetivo de limitar a circulação de pessoas das 23h às 5h para conter o avanço do contágio pelo coronavírus.

Os idosos fazem parte do grupo de risco pela Covid-19, representando mais de 70% das mortes pela doença no estado de São Paulo.

A nova medida adotada pelo governo estadual não tem o mesmo efeito proibitivo de um “lockdown”, em que as pessoas não podem deixar suas casas. Segundo a gestão João Doria (PSDB), o “toque de restrição” tem caráter educativo para que a população respeite as restrições que já estavam em vigor no Plano São Paulo, que regula a quarentena no estado.

O governo afirma que a fiscalização será intensificada com blitze de ação conjunta entre Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Procon-SP até o dia 14 de março.

De acordo com balanço da Secretaria Estadual de Saúde, a operação para fiscalização do cumprimento ao toque de restrição já resultou na autuação de pelo menos 46 estabelecimentos da capital, entre a noite de sexta-feira (26) e a madrugada deste domingo (28).

Também neste domingo (28), fiscais do Procon encerraram uma festa com cerca de 500 pessoas em uma casa noturna na Avenida Santa Marina, na Freguesia do Ó, Zona Norte de São Paulo.

As empresas que descumprirem o toque de restrição podem ser multadas de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Os estabelecimentos também podem receber autuações com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 290 mil.

Pela falta do uso de máscara, que é obrigatória, a multa é de R$ 5.278 por estabelecimento, por infrator. Pessoas sem máscaras em espaços coletivos também podem ser multadas em R$ 551,00.

Procon acaba com festa para 500 pessoas em casa noturna na Zona Norte de São Paulo — Foto: Divulgação/Procon SP
Procon acaba com festa para 500 pessoas em casa noturna na Zona Norte de São Paulo — Foto: Divulgação/Procon SP

Fonte: G1 SP — São Paulo

Continue lendo

Brasil

Protesto de moradores na BR 262 em Rio Casca MG fecha rodovia nos dois sentidos

sexta-feira dia 09 de outubro de 2020 por volta das 17 horas aconteceu um Protesto de moradores na BR 262 na Travessa Jacarandá no município de Rio Casca MG

Publicado

em

Na tarde para noite desta sexta-feira dia 09 de outubro de 2020 por volta das 17 horas aconteceu um Protesto de moradores na BR 262 na Travessa Jacarandá no município de Rio Casca MG onde foi feito um bloqueio de fogo que interditou a pista da BR nos dois sentidos.

Fote: Marcio Heleno MH WhatsApp

Moradores protestavam após a morte do Reginaldo Freitas Ex funcionário da Prefeitura de Rio Casca, um dia após o seu aniversário, após acidente com moto 150 da cidade de rio Casca MG em colisão com carro palio 1.4 placa de Ponte Nova MG na manhã desta sexta-feira dia 09 de outubro de 2020.

Os moradores relatarão ao Locutor Márcio Heleno, que a intenção é solicitar ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), que seja colocado nesta travessia 4 quebra-molas, uma vez que o radar que existia neste mesmo local e foi retirado, moradores aguardavam representantes pela rodovia BR 262, para liberação da via.

A via foi liberada por volta das 20 horas após representantes do DNIT assumirem o compromisso de colocarem os quebra-molas solicitados até a terça-feira.

O protesto gerou um grande engarrafamento nos dois sentidos de vários quilômetros como mostra as fotos.

Continue lendo

Brasil

Caminhão de frango tomba próxima a entrada da cidade de São Pedro dos Ferros

Caminhão de frango tomba em São Pedro dos Ferros

Publicado

em

Na manha de hoje dia 19-05-2020 proximo a entrada da cidade chegada da zona rural conhecida como ponte do matadouro tombou um caminhão de frango vivo que ia para o Frigrorifico Fraboom. Nao ouve informação de feridos ate o momento. A policia esteve no local e foi feito baudiamento da carga sem tumulto.

Abaixo fotos de grupos de watsap.

Continue lendo

Brasil

2º caso de covid-19 confirmado em Raul Soares-MG

segundo caso confirmado de covid-19 em Raul Sores

Publicado

em

Por volta das 18 horas de hoje 19-05-2020 a Secretaria Municipal de saúde da cidade de Raul soares-Mg confirmou o 2º caso de covid-19 e divulgou através da pagina oficial do Facebook.

Fonte: Fampage oficial da Prefeitura de Raul Soares – MG

Continue lendo
Publicidade

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto:
Ativar notificações    OK Não, obrigado