conecte-se conosco

Brasil

Manifestantes se enfrentam anti e pró Lula em Congonhas

Avatar

Publicado

em

A notícia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi conduzido coercitivamente por policiais federais para prestar depoimento pela 24ª fase da Operação Lava Jato na manhã desta sexta-feira (4) se espalhou rapidamente e movimentou a frente do prédio onde reside o petista, em São Bernardo do Campo, no ABC, e o saguão do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, onde Lula prestou depoimento por cerca de três horas.

7d7cf55f-bb1d-4117-ac91-07d36b300f43[1]

Houve tumulto e diversos confrontos entre manifestantes pró e contra Lula. A Polícia Militar precisou intervir e pelo menos três pessoas foram detidas.

A confusão começou quando vários manifestantes se reuniram em frente ao edifício de Lula, na Avenida Prestes Maia, desde cedo. Enquanto a vizinhança gritava “Fora Lula” e “Fora PT”, carros passavam buzinando em apoio à manifestação. A via está totalmente bloqueada, nos dois sentidos. Por volta das 7h30, um grupo de sindicalistas que apoiam o ex-presidente agrediu um fotógrafo que apoiou o protesto. “Levei socos, tapas e chutes”, contou o fotógrafo independente, de 50 anos, que não quis se identificar.

Com a chegada da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Federal os ânimos se acalmaram um pouco. Mas a tranquilidade não durou muito tempo. Uma mulher que passava pelo local de carro teve o veículo atingido por arranjo de flores, jogado por um grupo pró Lula. Os manifestantes contrários ao ex-presidente reagiram e ocorreu mais uma briga.

Fogos de artifício também foram soltos em frente ao prédio de Lula. Segundo os manifestantes, foi um ato em comemoração à condução coercitiva do ex-presidente para prestar depoimento à PF. Por volta das 9h50, houve um tumulto generalizado e mais briga. Policiais militares usaram cassetetes e pelo menos um homem foi ferido.

De acordo com o major da PM Fábio, dois homens também foram detidos. Um deles por racismo, por ter chamado um petista de “macaco”, e outros dois por agressão – um por ter batido em manifestante e outro por ter agredido um policial. Os três detidos foram levados para a delegacia.

Continue lendo
Publicidade

Brasil

Muriaé: terra treme novamente na madrugada desta terça feira

Avatar

Publicado

em

MURIAÉ (MG) – No início da madrugada desta terça-feira (25/02), mais uma vez moradores de diversos bairros ficaram assustados com um estrondo seguido de forte tremor de terra na cidade de Muriaé. Foi o terceiro episódio em quatro dias.

Moradores dos bairros Gaspar, União, São José, Prainha, Barra, Safira, Cerâmica, parte do Planalto e outras regiões, ficaram apavorados e a maioria deixou suas casas. Bombeiros e Defesa Civil foram acionados, porém nada foi constatado.

A população assustada, quer uma resposta concreta sobre esses tremores de terra, que aconteceram na tarde de sexta-feira (21) e voltaram nesta madrugada. Até o momento não houve a manifestação das autoridades competentes a respeito desta situação anormal para a região.

DOIS TREMORES

Dois tremores de terra foram registrados na tarde desta sexta-feira (21), em Muriaé. Segundo o Laboratório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), um abalo atingiu a magnitude de 2,4 graus na Escala Richter e outro 2,2 graus.

Segundo a Prefeitura de Muriaé, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros foram para as ruas averiguar a situação no município. Não há informações de feridos ou de ocorrências.

Sobre o abalo, a Defesa Civil informou que ele foi sentido principalmente nos bairros Barra, Gaspar, Dornelas, Aeroporto, União, São José, Planalto e São Joaquim.

De acordo com o morador do Bairro União, Ailton Fernandes Corrêa, ele sentiu vários tremores nesta tarde.

“O último pareceu que jogaram uma pedra no portão. A casa tremeu toda”, descreveu.

Em nota, a Prefeitura disse que sobre os abalos de terra que foram sentidos em Muriaé nesta sexta-feira (21), a Defesa Civil informou que entrou em contato com o Observatório Sismológico de Brasília a fim de obter mais informações sobre o ocorrido.

Segundo o texto, “embora haja relatos de vários abalos, apenas dois foram detectados pelo sistema, sendo que o mais forte deles alcançou o índice de 2,4 na Escala Richter, ficando dentro do patamar de classificação colocado como ‘Muito Pequeno’. Portanto, não há motivo para pânico ou preocupações”.

Ainda conforme a Administração, os abalos muito provavelmente foram provocados por causas naturais, não havendo qualquer relação com supostas obras ou implosões.

Por fim, a Prefeitura de Muriaé, através da Defesa Civil, informou que “permanece atenta a eventuais novas ocorrências e que em caso de emergência o órgão permanece em funcionamento.

Com informações da Rádio Muriaé e do G1 Zona da Mata

Continue lendo

Brasil

Colisão entre dois veículos mata uma pessoa em Santa Margarida MG

Avatar

Publicado

em

Bruno César Vieira Couto, 27 anos, morreu numa colisão entre um Fiat Uno e um micro-ônibus, no km 05 da LMG 832, estrada que liga Santa Margarida MG à BR 262.

Funcionário do Hospital de Santa Margarida, Bruno conduzia o Fiat Uno, quando perdeu o controle da direção do veículo, invadiu a contramão e colidiu de frente com o micro-ônibus de Alto Caparaó, que se dirigia para um encontro religioso em Santa Margarida.

O passageiro do Uno, Heligreison Alves Moura, 22 anos, ficou ferido e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao pronto atendimento de Manhuaçu.

Foi necessário o uso de aparelho desencacerrador para retirar Heligreison de dentro do veículo que ficou parcialmente destruído. Ele sofreu fratura de fêmur e suspeita de fratura no braço e escoriações.

O condutor do veículo, Bruno César, morreu no local. Após os trabalhos da perícia da Polícia Civil, o corpo foi liberado para funerária e os veículos retirados do local.

No micro-ônibus, ninguém se feriu. O Pastor Thiago Estorino Monteiro e uma equipe de membros da Igreja Batista de Alto Caparaó permanecerem no local prestando o auxílio necessário aos familiares das vítimas.

Com informações do Jailton Pereira – [email protected]

Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas