Connect with us

Notícias

JOVEM É ENCONTRADA MORTA EM CASA NOTURNA

Publicado

em

Uma jovem de 23 anos foi encontrada morta na madrugada desse domingo (17) em uma casa noturna na rua Granito, no bairro Iguaçu, em Ipatinga. Colegas da vítima disseram aos policiais que ela consumiu álcool e drogas em excesso.

O responsável pela casa de entretenimento adulto disse aos militares que por volta de 03h40 fechou o estabelecimento e foi para sua residência deixando na boate três jovens que trabalham no local, pois elas são de fora e usam um alojamento nos fundos para dormirem.

Por volta das 04h23, recebeu uma ligação de uma das jovens, de 22 anos, relatando que Darcileia dos Santos Kalott, de 23 anos, tinha surtado depois de fazer uso de drogas e álcool e que parecia incorporada por espíritos. Disse também que em determinado momento, Darcileia quebrou o espelho e machucou o pé, ainda alterada, saiu para a recepção do estabelecimento a procura de uma faca, como não achou, agarrou a jovem de 18 anos pelo pescoço tentando sufocá-la, que nesse momento as duas seguraram ela e a colocaram no chão.

Logo depois perceberam que ela havia perdido os sentidos,e não mais respondia . Ao chegar no local, o responsável da boate esperou as viaturas chegarem para tomar as providências. As duas jovens que presenciaram os fatos contaram a mesma versão para os policiais. Uma equipe do Samu compareceu ao local e tentou reanimar a vítima, porém sem êxito, confirmando o óbito. A perícia realizou os trabalhos de praxe, liberando o corpo para a funerária que o removeu para o IML, não detectando sinais de violência.Foi realizado buscas no alojamento e encontrado uma porção de maconha, tendo as duas conduzidas assumido a propriedade da substância. A boate não possui sistema de filmagens. Foi recolhido da vítima um aparelho celular, um cordão dourado com pingente.

Informações: Plox

Notícias

CARRO SAI DA PISTA NA BR-116 E CAI EM RIBANCEIRA

Publicado

em

Na tarde desta segunda-feira (3), um veículo Fox, com placa de Manhuaçu, saiu da pista no km 550 da BR-116, caiu em uma ribanceira de aproximadamente 50 metros e capotou várias vezes. O acidente aconteceu em um trecho conhecido como Serra do Barro Branco, próximo à Santa Bárbara do Leste.

Segundo informações, o motorista perdeu o controle da direção em uma curva e o veículo passou direto. Chovia muito no momento do acidente.Segundo informado ao Polícia 24h, três pessoas estavam no carro e são moradores de Caratinga. Eles estariam seguindo de Guarapari (ES), para a Caratinga.

Segundo Erenaldo, do Resgate União, os dois passageiros não ficaram feridos, já o motorista, sofreu um corte na testa e suspeita de fratura no braço esquerdo e na clavícula. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Nossa Auxiliadora, em Caratinga.O registro da ocorrência ficou a cargo da Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Polícia 24h Leste Minas

Continue lendo

Notícias

CINCO PESSOAS MORREM APÓS CARRO INVADIR A CONTRAMÃO E BATER DE FRENTE COM ÔNIBUS NA BR-040

Publicado

em

Cinco pessoas morreram em grave acidente envolvendo um carro de passeio e um ônibus vinculado à Buser, na tarde deste domingo (26), na BR-040, em Ewbank da Câmara, na Zona da Mata. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os cinco mortos estavam no carro, um Pálio. Os óbitos foram confirmados por equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

O Corpo de Bombeiros informou que 28 passageiros e dois motoristas estavam no ônibus, que saiu do Rio de Janeiro e seguia para Belo Horizonte. Um dos condutores teve um trauma no tórax, após a batida, e precisou ser encaminhado a um hospital da região.As vítimas fatais já identificadas são duas mulheres, de 26 e 45 anos, e um homem de 54.

Ainda conforme a corporação, chovia no momento do acidente. O motorista do Pálio perdeu o controle da direção, invadiu a contramão e bateu no ônibus. O veículo de passeio ficou completamente destruído.A assessoria de imprensa da Buser emitiu nota e informou que o ônibus é de propriedade da empresa Pedra Azul, com quem a startup tem atuado para prestar solidariedade aos familiares das vítimas e esclarecimentos às autoridades.

Segundo a Buser, os passageiros não tiveram ferimentos e foram realocados em um novo veículo para seguir com a viagem. “A startup afirma ainda que o ônibus em questão é um veículo novo, em excelente estado de conservação, com sensores de fadiga para o monitoramento permanente dos motoristas, além de possuir o sistema de telemetria, ferramenta que permite o controle em tempo real da velocidade”, disse a empresa em nota.

A Via-040, concessionária que administra a rodovia no trecho do acidente, informou que o acidente causou interdição parcial no sentido Rio de Janeiro. Há um congestionamento de cerca de 1km no local. O acidente ocorreu entre o acesso à Paula Lima e o posto da Polícia Rodoviária Federal.

Informações: O Tempo

Continue lendo

Saúde

Sem citar prazo, governo diz que vai analisar autorização da Anvisa para vacinar crianças contra a Covid

Publicado

em

Criança é vacinada contra Covid-19 em Leipzig, Alemanha, em 10 de dezembro de 2021 — Foto: Matthias Rietschel/Reuters

Anvisa liberou o uso da vacina da Pfizer para crianças entre 5 e 11 anos e segue decisão já adotada, por exemplo, nos EUA e na Europa. Conselho de secretários cobra que o ministério providencie as doses necessárias.

O Ministério da Saúde declarou nesta quinta-feira (16) que irá analisar a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que autorizou a aplicação da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19.

Não há previsão de quando a imunização vai começar porque a vacina para este público tem diferenças em relação ao produto que foi aplicado nos adultos. Estados e municípios não podem apenas utilizar doses já recebidos para outras faixas etárias: é preciso que o governo federal compre doses específicas para as crianças.

“Essa documentação precisa chegar ao ministério, vai ser analisada. São esferas diferentes de análise e decisão. Nós temos o objetivo de, com celeridade, dar o posicionamento do ministério”, disse Queiroga.

Queiroga disse que vai fazer uma “ampla” discussão com a sociedade civil sobre o tema, citando até o Conselho do Ministério Público Federal e o Conselho Nacional de Justiça.

“A aplicação de dose da vacina em criança depende de momento epidemiológico, tem uma série de avaliações”, disse o ministro.

Em seu histórico de ações na pandemia, o ministro Queiroga tem como um dos marcos negativos a decisão de suspender a vacinação de adolescentes. Poucos dias depois, a decisão foi revertida diante da comprovação de que um evento adverso em uma adolescente não tinha relação com a vacinação.

Bolsonaro pede nomes de responsáveis

Nesta noite, o presidente Jair Bolsonaro – que declara não ter se vacinado – levantou dúvidas sobre a decisão da Anvisa em uma transmissão ao vivo nas redes sociais. O presidente cobrou a divulgação do nome dos responsáveis pela autorização e disse que os pais devem avaliar se darão ou não o imunizante.

“Não sei se são os os diretores e o presidente que chegaram a essa conclusão ou é o tal do corpo técnico, mas, seja qual for, você tem o direito de saber o nome das pessoas que aprovaram aqui a vacina a partir dos cinco anos para o seu filho. (…) Agora mexe com as crianças. Então quem é responsável é você pai. Tenho uma filha de 11 anos. Vou estudar com a minha esposa qual decisão tomar”, disse Bolsonaro.

Conselho cobra Ministério da Saúde

Após a decisão da Anvisa, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) manifestou o seu apoio à imunização de crianças e cobrou que o Ministério providencie as doses necessárias.

“Tendo em vista que para dar início à vacinação nesta faixa etária será necessária formulação específica desta vacina com um terço da fórmula “padrão” (10 microgramas por dose), o Conass aguarda posicionamento do Ministério da Saúde quanto à sua aquisição, o que é de sua competência”, afirmou o Conass.

O uso da vacina é necessário para combater o avanço da doença, principalmente frente a nova variante do coronavírus, a ômicron, que segundo evidências é mais transmissível que as demais cepas do vírus.

De acordo com o infectologista Renato Kfouri, representante da Sociedade Brasileira de Imunizações e que participou da avaliação da Pfizer junto à Anvisa, a Covid matou mais crianças do que coqueluche, diarreia, sarampo, gripe e meningite somadas.

“A gente fala que só 0,4% das mortes ocorrem nos menores de 20 anos, mas 0,4% de 600 mil mortes são mais de 2.500 crianças e adolescentes que perderam a vida para a Covid. Em dois anos, esse total de mortes é maior do que todo o calendário infantil. Se somarmos todas as mortes por coqueluche, diarreia, sarampo, gripe, meningite, elas não somam 1.500 por ano. A Covid-19 é uma doença prevenível por vacina que mais mata nossas crianças”, diz Kfouri.

A mesma autorização de uso já foi concedida pelo FDA e pela EMA (agências regulatórias de saúde dos Estados Unidos e União Europeia), além de países como Costa Rica, Colômbia, República Dominicana, Equador, El Salvador, Honduras, Panamá, Peru e Uruguai.

Fonte: g1.globo.com

Continue lendo
Publicidade

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto:
Ativar notificações    OK Não, obrigado