conecte-se conosco

Educação

Enem 2017 tem mais de 6,7 milhões de inscrições

Avatar

Publicado

em

Enem 2017, número representa 88,5% do total de inscritos; total é o menor desde 2013. Redução pode ser atribuída ao fim da certificação do Ensino Médio, diz Inep.

Enem 2017 ,Exame Nacional do Ensino Médio tem 6,7 milhões de inscrições confirmadas. Os dados atualizados foram divulgados nesta segunda-feira (26) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em maio o número era de 6,1 milhão de participantes confirmados.

O número de inscritos que confirmaram a participação por meio do pagamento da taxa, ainda é o menor desde 2013 (7,2 milhões). No entanto, segundo o INEP, os números ainda podem subir, já que há a possibilidade de que novas inscrições sejam confirmadas via recursos ou decisão judicial.

O total de inscrições, até a publicação desta reportagem, também é menor que em 2016, quando o Inep registrou 8,6 milhões de participantes confirmados. A redução do número deve-se também às mudanças na finalidade do Enem.

A partir desta edição, o exame deixa de servir para certificação de conclusão do ensino médio. A avaliação, segundo o Inep será feita por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que não era usado para diplomação no ensino médio desde 2009.

Para a presidente do Inep, Maria Inês Fini, o principal motivo de mudança é que o Enem, na sua estrutura original, “não é um exame para certificação de ensino médio” e o Encceja, segundo a presidente, “é muito mais preparado para essa certificação”.

Com informações de Marília Marques,do G1

Educação

Enem 2019: Inep consegue dispensa de licitação para contratar gráfica que vai imprimir as provas

Avatar

Publicado

em

Empresa que prestaria o serviço originalmente entrou com pedido de falência. Valor do contrato global com a nova gráfica é de R$ 151 milhões.

Após a falência da RR Donnelley, que imprimiria o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não precisará abrir uma nova licitação para selecionar a gráfica que fará o serviço. A empresa substituta será a Valid Soluções S.A., pelo valor global de R$ 151,7 milhões, segundo publicação no Diário Oficial da União desta terça-feira (21).

Ela será responsável pela diagramação, manuseio, embalagem, impressão, rotulagem e entrega dos cadernos de provas para os Correios. As etapas devem ocorrer em condições especiais de segurança e em sigilo.

A empresa já tinha sido escolhida neste ano para imprimir as provas do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Este grupo de provas é objeto do contrato nº 05/2019, pelo qual o Inep vai desembolsar R$ 143,1 milhões.

Opções após falência

A RR Donnelley entrou com o pedido de falência no dia 1º de abril. Diante disso, para garantir que o Enem ocorresse dentro do cronograma, o Inep teve duas opções: iniciar um novo processo de seleção – que demoraria meses – ou contratar a Valid, segunda colocada na licitação de 2016.

Em 25 de abril, o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou que o órgão convocasse esta outra gráfica. Para isso, no entanto, o Inep precisaria comprovar que não haveria tempo suficiente para abrir uma nova licitação. As provas do Enem serão aplicadas em 3 e 10 de novembro, e o trabalho da gráfica deveria se iniciar ainda em maio.

A dispensa da licitação foi formalizada nesta terça. O Inep esclareceu que, quando foi assinado o contrato nº 06/2016, o valor da impressão das provas era de R$ 129 milhões. Agora, ele foi reajustado para R$ 151,7 milhões.

Dispensa de licitação

A alternativa de dispensa de licitação é permitida por lei em casos de emergência, como perturbação da ordem, calamidade pública, fornecimento de energia ou quebra de barreiras. Também é válida para situações em que há rescisão contratual, e um serviço deixa de ser prestado. A lei determina que, nesse contexto, seja respeitada a ordem de classificação da licitação.

Contrato até 2020

A RR Donnelley prestou serviços para o Inep na impressão do Enem desde 2009, quando foi contratada em caráter de urgência por causa do roubo dos cadernos de prova. Até então, a empresa responsável pelo exame era a Plural.

No ano seguinte, foi aberta uma nova licitação para selecionar a gráfica que imprimiria o Enem de 2010 a 2015. A RR Donnelley apresentou sua proposta e venceu. Depois, em 2016, um novo pregão foi realizado e a mesma empresa venceu novamente, com um contrato que permitia a renovação anual até 2020.

A última havia sido feita em julho de 2018, pelo período de 12 meses, e incluía a execução dos serviços do Enem 2019.

Cronograma do Enem 2019

Fonte: g1.globo.com

Continue lendo

Educação

Instituições federais de ensino no RJ anunciam suspensão de aulas até o dia 2

Avatar

Publicado

em

Comunicado foi assinado pelo Cefet, IFF, IFRJ, Pedro II, UFF, Unirio, UFRJ e Rural. Motivo é a greve dos caminhoneiros.

Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas