conecte-se conosco

Saúde

Dicas para emagrecer rápido e com saúde

Avatar

Publicado

em

Dicas para emagrecer rápido e com saúde

6 Dicas para emagrecer saudável

Existem anúncios na internet de vários produtos que prometem milagres para você emagrecer de uma forma rápida, mas muitas vezes tira a sua saúde, primeiro a sua saúde emagrecer de forma saudável.  6 Dicas para emagrecer de forma saudável e ainda aumentar a sua saúde.

.

1 Dica : Como aumentar o seu metabolismo.

Mas em primeiro lugar se você tem hipertensão arterial não pode consumir essa receita que é chás, ela vai aumentar o seu metabolismo.

 Isso significa que você vai gastar sua energia e sua caloria muito mais.  Gengibre, chá verde, chá de hortelã, chá de casca de abacaxi e pau de canela.

Você pode misturar até três opções, não é necessário tomar todos, isso não precisa. Você pode pegar um, juntar dois ou três, e como será esse consumo, você vai fazer o chá e vai tomar de manhã e à tarde. 

Não pode consumir à noite, porque a noite você vai dormir, chá verde tem cafeína, ou seja, se seu metabolismo estiver ativo você vai ter insônia, problema para dormir.

2/ Dicas para emagrecer: Tomar um copo com água antes das principais refeições.

Almoço e janta uma hora antes. Porque uma hora antes, isso inibe um pouco do seu apetite além de limpar o seu organismo e nutrir também o seu corpo. Isso é muito bom para sua saúde.

3 DICA: Você deve comer a cada três horas.

Tomar um cafezinho light de manhã, depois você tomar um lanchinho razoável, uma frutinha e seu almoço, à tarde também lanchinho bem suave e sua janta. E antes de dormir comer algo, mas é tudo bem pouquinho, mas sempre consumindo.

Porque se você simplesmente almoça e janta, nesse tempo muito longo o seu próprio organismo vai fazer o quê? Estocar energia, e que seria energia para o seu corpo? gordura. Exatamente isso ele vai estocar.

 O que você comeu, e isso vai virar o quê? Depósito de gordura, porque o seu organismo vai entender, nossa estamos em crise então preciso reservar essa energia para queimar quando eu precisar, então não faça isso, você está estragando a sua saúde e seu corpo também. 

Então se você comer direitinho a cada 3 horas nem que seja uma frutinha uma salada de fruta e um grelhadinho, o seu corpo estará recebendo alimento a cada três horas e vai aumentar o seu metabolismo.  Pois ele vai entender que tem alimento toda hora e não precisa estocar.

4 DICA: Reduza o máximo possível de frituras.

Gorduras, doces, você que gosta de um chocolate e sorvete. A Gordura hidrogenada vezes açúcar é igual glicação, o que significa isso?

Glicação é o processo de soma entre uma proteína e um carboidrato, tal qual a glicose, sem a ação controladora de uma enzima. É a principal causa de doenças clínicas vasculares em pacientes diabéticos.

glicação aumentada de proteínas no cristalino pode causar o desenvolvimento de catarata.

E com o tempo você vai ficar com a pele flácida, além que o açúcar causa inflamação no seu organismo.

 Isso é muito ruim para sua saúde, pode comer de vez em quando uma friturinha e docinho, mas não todos os dias, porque faz muito mal para saúde. 

 Agora você pode estar se sentindo bem, mas o nosso corpo vai sobrecarregando e saiba que doenças e manchas que aparecem lá em sua pele é porque o seu corpo já está acumulando a muito tempo.  

 Deixa apenas para o final de semana que é o dia do lixo, uma vez por semana pode, todos os dias não pode.

5 DICA: Comer moderadamente.

Quando você for comer tem que ter bom senso, a comida não vai sair da panela, coloca somente um pouco, você vai lá e repete, não precisa colocar um pratão cheio. Isso é ruim para sua saúde, você vai dilatar o seu estômago. Quanto mais você dilatar o seu estômago mais cabeira alimentos. 

 O nosso estômago ele chega dilatar e cabe de alimento aproximadamente 2 litros. 

Então imagina aquele pratão de quem parece que nunca viu comida, então coma em pequenas quantidades, isso fará a sua saúde seu metabolismo melhorar cada vez mais.

6 DICA: Praticar exercício físico.

 Exercício físico Fara toda a diferença na sua saúde para emagrecer. Não precisa ser Ratinho da academia, esquece academia, se você já faz academia. Parabéns e continua.

Não tem tempo para ir para academia? Não é desculpa você pode praticar exercício físico dentro da sua casa, fazer um Cooper ao redor do seu quarteirão ou então até mesmo andar um pouco mais rápido.

Tem que aumentar o seu fluxo sanguíneo e batimento cardíacos.

 Qualquer prática de exercício físico, natação, pedalar a bicicleta uma horinha já é o suficiente e a sua saúde agradece.

 Além disso se você pratica exercício físico você dorme melhor, você ajuda a estimular a produção da serotonina o hormônio do prazer, da Alegria e também da melatonina.  Você vai dormir melhor à noite e isso é maravilhoso.

Aproveite e leia mais Dicas para emagrecer nos posts abaixo, e navegue pelo site em outras categorias que você pode gostar.

Essas foram as 6 dicas para emagrecer rápido e ainda melhorar a sua saúde.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Casos de coronavírus no Brasil em 4 de abril

Avatar

Publicado

em

Secretarias estaduais de saúde contabilizam 9.391 infectados em todos os estados e 376 mortos. Bahia registra sétima morte.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 12h30 deste sábado (4), 9.391 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 376 mortes pela Covid-19.Apenas três estados ainda não registraram mortes: Acre, Amapá e Tocantins.

Na manhã deste sábado, a Bahia registrou a 7ª morte por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Paciente era uma mulher de 28 anos, que tinha ido a Itapetinga realizar uma cesária. O Amazonas confirmou mais 5 mortes, somando 12.

Pernambuco registrou mais quatro mortes de pacientes com coronavírus (Sars-Cov-2), neste sábado (4). Com isso, subiu para 14 o número de óbitos de pessoas com a Covid-19, doença causada pelo novo vírus. Além disso, houve 40 novos casos confirmados, totalizando 176.

Um boletim epidemiológico feito pelo Ministério da Saúde nesta sexta (3), diz que Distrito Federal, São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro e Amazonas podem estar na transição para uma fase de aceleração descontrolada da pandemia.

O Distrito Federal registrou 22 novos casos, somando 658. Na sexta (3), o ministro da saúde, Henrique Mandetta, demonstrou preocupação com o estado e disse que o DF é “o primeiro [colocado], com número bem maior inclusive que São Paulo nessa relação de número de casos confirmados pela população.”

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tardede sexta-feira (3), aponta359 mortes e 9.056 casos confirmados de coronavírus no Brasil.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). Outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março) e quase 4.000 casos de 27 de março a 2 de abril, quando a contagem bateu os 8.000 infectados.

Datafolha: Bolsonaro é aprovado por 33% na gestão da crise

Bolsonaro tem aprovação de 33% e reprovação de 39% na gestão da crise do coronavírus, diz pesquisa do Datafolha publicada nesta sexta-feira pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

Aprovação do Ministério da Saúde é mais que o dobro, 76%, e a reprovação é de 5%.

Instituto fez a pesquisa entre a quarta-feira (1º), após pronunciamento de Bolsonaro que mudou o tom sobre o isolamento social, e a manhã desta sexta (3).

Casos no mundo

O Ministério da Saúde da Espanha informou neste sábado (4), que o país atingiu a marca de 124.736 casos da doença, sendo 11.744 mortes. Nas últimas 24 horas, foram registrados 7.026 novos casos.

De acordo com números divulgados por Mark McGowan, primeiro-ministro da Austrália, neste sábado (4), o país soma 5.548 casos confirmados da doença, sendo 198 nas últimas 24 horas. O premiê autorizou Coelho da Páscoa a quebrar quarentena.

Os Estados Unidos registraram 1.480 mortes por coronavírus em um dia (entre quinta e sexta-feira às 20h30 locais), marcando um novo recorde no mundo, segundo uma contagem realizada pela Universidade Johns Hopkins. Com isso, o número total de mortos no país desde o início da pandemia chega a 7.406, de acordo com o balanço da universidade.

Fonte: G1.globo.com — São Paulo

Continue lendo

Brasil

Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março

5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

Vinicius Silva

Publicado

em



Secretarias estaduais de saúde contabilizam 5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 22h00 desta terça-feira (31), 5.812 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil.

O governo do Amazonas confirmou a terceira morte no estado e em Minas Gerais constatada a segunda morte pela doença. A primeira morte também foi confirmada em Alagoas. No começo da tarde, a Paraíba confirmou a primeira morte. O Distrito Federal registra três casos fatais da Covid-19 e o Mato Grosso do Sul teve seu primeiro caso. Pernambuco confirmou sete mortes. Com isso, chega a 202 o número de mortos pela Covid-19 no país. São Paulo registra 136 mortes e o Rio de Janeiro tem 23 casos fatais da doença.

O governo do Pará também atualizou os números nesta manhã e agora são 32 casos da doença no estado. Minas Gerais tem 275 casos confirmados e subiu para 10 o número de casos no Amapá. O governo de Sergipe confirmou mais dois casos nesta terça e Pernambuco chegou aos 87 casos confirmados.

O Rio Grande do Sul atualizou o número de casos para 305. Goiás chegou a 65 casos e o Rio Grande do Norte tem 82 infectados pela doençaBahia tem 217 casos confirmados, o Distrito Federal tem 333 e Santa Catarina registra 235 casos.

Ministério da Saúde atualizou seus números nesta terça-feira (31), informando que o Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março).

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas