Connect with us

Esportes

COB diz que buscará ação legal contra a CBF por não usar agasalho no pódio

Publicado

em

Após nota oficial, Jorge Bichara, diretor de esportes, confirma que o COB buscará uma ação legal
Jogadores da seleção brasileira comemoram a medalha de ouro no futebol dos Jogos de Tóquio — Foto: Getty Images

Após nota oficial, Jorge Bichara, diretor de esportes, confirma que o COB buscará uma ação legal

O Comitê Olímpico Brasileiro confirma que tomará medidas legais após a decisão do time de futebol de não utilizar o agasalho oficial do Time Brasil no pódio das Olimpíadas de Tóquio. Jorge Bichara, diretor de esportes, garante que o COB está satisfeito com o desempenho esportivo, mas criticou novamente a conduta da CBF no caso.

  • O COB está satisfeito com o desempenho do futebol, ganhamos o título olímpico duas vezes. Estamos extremamente satisfeitos com o desempenho da equipe, mas lamentamos a atitude de dois atletas no pódio. Lamentamos a atitude da Confederação Brasileira de Futebol na condução do caso. Agora, ela deixa a esfera esportiva e entra numa esfera jurídica que será inserida pela área jurídica – disse Bichara, em uma coletiva de imprensa de debriefing do COB em Tóquio. O representante do COB Paulo Wanderley disse, entretanto, que não haverá um corte na premiação para 2 jogadores por causa do ato no pódio.
  • Viemos aqui com a promessa de que, no caso de uma medalha, haveria um prêmio. Não vamos mudar isso. Mas veremos outras conseqüências após nossa ação específica em relação a esta questão. Os jogadores da equipe brasileira subiram ao pódio para receber a medalha de ouro na manhã de sábado sem os casacos do Time Brasil, priorizando suas camisas de jogo. Anteriormente, o Comitê Olímpico Brasileiro divulgou uma nota criticando a entidade e os próprios jogadores. “O Comitê Olímpico Brasileiro repudia a atitude da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e de 2 jogadores da seleção brasileira de futebol na cerimônia de premiação do varonil do torneio. Neste momento, as energias do Comitê estão totalmente concentradas em manter o trabalho que resultou na melhor participação brasileira na história das Olimpíadas. Portanto, somente após o encerramento de 2 Jogos, o COB tornará públicas as medidas que serão tomadas para preservar os direitos do Movimento Olímpico, 2 outros atletas e 2 nossos patrocinadores”.

Fonte:ge.globo.com

Publicidade
Enable Notifications    OK No thanks