conecte-se conosco

Geral

Cinco pessoas morrem carbonizadas em acidente na BR-381, em Timóteo

Avatar

Publicado

em

Carro, que pertence à prefeitura de Central de Minas (MG), pegou fogo depois de bater de frente com um caminhão; há suspeita que haja uma criança entre as vítimas

Um acidente envolvendo um carro e um caminhão matou cinco pessoas, na manhã dessa quarta-feira (1º), na BR-381, em Timóteo (MG).

Todas as vítimas estavam no carro que pertence à prefeitura de Central de Minas (MG). O motorista do caminhão teve apenas ferimentos leves.

Ele contou que seguia sentido ao Vale do Aço quando foi surpreendido pelo carro rodando na pista. Logo após a batida, o veículo pegou fogo e não deu tempo de socorrer ninguém. O caminhão também foi atingido pelas chamas e foi completamente destruído.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para ajudar no controle das chamas. Chovia no momento da batida. Os militares suspeitam que o carro tenha perdido o controle da direção ao passar por uma densa camada de água sobre a sobre a pista. “Essa parte da rodovia é declinada e a água da chuva atravessa a rodovia. Isso pode atrapalhar a aderência do pneu e causar acidentes”.

image

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, há indícios de que uma das vítimas seja uma criança. “Pelo tamanho do corpo e do crânio, a suspeita é de que seja uma criança de 10 a 12 anos”, disse o agente Vanderlei Mendes.

A placa do carro se soltou com impacto e foi a única peça do veículo que não foi destruída pelas chamas. De acordo com a PRF, foi possível identificar que o carro pertence à prefeitura de Central de Minas, mas até a publicação desta reportagem, nenhum dos corpos havia sido identificado. Eles foram removidos para o IML de Ipatinga.

Durante os trabalhos da perícia, o trânsito na rodovia ficou interditado. Por aproximadamente duas horas a passagem de veículos foi interrompida nos dois sentidos; depois disso, foi liberada gradativamente em meia pista.

O prefeito de Central de Minas, Otaviano Pereira, informou que o veículo saiu da cidade em direção à Belo Horizonte, para levar as pessoas para consultas médicas. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada.

Com informações do G1

 

Atualização da notícia

De acordo com informações do Portal Diário do Aço, entre as pessoas que morreram estão, a Secretária de Cultura da Prefeitura de Central de Minas, Marlene Rodrigues de Arruda Pereira, e o filho dela, Pedro Alves Pereira, de 30 anos. Pedro tinha problemas neurológicos e fazia tratamento médico em Belo Horizonte. Tinha consulta marcada na capital mineira nessa quarta-feira (1º).

O condutor do carro foi identificado como Carlos Alexandre Dias, lotado como motorista da Secretaria de Saúde de Central de Minas.

A prefeitura de Central de Minas confirma que mais duas pessoas estavam no carro: a idosa Tomásia Machado de Andrade e a acompanhante dela, Sirlei Andrade de Malpera.

image

Luto Oficial de três dias em Central de Minas

No IML de Ipatinga, o prefeito de Central de Minas, Otaviano Ferreira de Laia, conversou com o Portal Diário do Aço. Ele disse que foi informado do acidente por volta das 9h da manhã, por meio da imprensa de Governador Valadares.
“São pessoas que a gente convive no dia a dia. O Carlinhos, a nossa secretária de Cultura. A cidade para, está todo mundo abalado. Eram pessoas conhecidas e realmente está difícil para todos”, comentou o prefeito. Ele garantiu que a administração está dando todo o apoio para as vítimas e ainda decretou luto oficial no município por três dias.

Exame de DNA para apurar identificação dos corpos

Os restos mortais foram guardados na geladeira do IML de Ipatinga. Aguardava-se até o fim da tarde a coleta de material biológico de familiares das vítimas para o exame de DNA, que será realizado no Instituto de Criminalística da Polícia Civil, em Belo Horizonte.

 

Com informações complementares do Portal Diário do Aço

Brasil

Segunda vítima do novo coronavírus em Minas morreu três dias depois da internação, diz hospital

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

Vinicius Silva

Publicado

em



Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença — Foto: Getty Images

 

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

O homem de 66 anos que morreu vítima do novo coronavírus em Belo Horizonte ficou três dias internado. De acordo com o Hospital Semper, ele chegou na última sexta-feira (27) em estado grave e foi direto para o Centro de Tratamento intensivo (CTI).

O paciente, que não teve o nome divulgado, tinha cardiopatia e diabetes. Ainda segundo o hospital, todo o protocolo de tratamento da covid-19 foi seguido, mas ele não resistiu e morreu nesta segunda-feira (30).

Esta foi a segunda morte por novo coronavírus confirmada em Minas Gerais pela Secretaria de Estado de Saúde.

O homem ficou em isolamento durante todo o período em que esteve na unidade. O número de leitos do Semper, que é um hospital particular, passou de 30 para 48 na tentativa de atender os pacientes com covid-19.

Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença e 34.224 casos suspeitos. Além disso, outras 40 mortes estão em investigação no estado.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo

Brasil

Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março

5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

Vinicius Silva

Publicado

em



Secretarias estaduais de saúde contabilizam 5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 22h00 desta terça-feira (31), 5.812 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil.

O governo do Amazonas confirmou a terceira morte no estado e em Minas Gerais constatada a segunda morte pela doença. A primeira morte também foi confirmada em Alagoas. No começo da tarde, a Paraíba confirmou a primeira morte. O Distrito Federal registra três casos fatais da Covid-19 e o Mato Grosso do Sul teve seu primeiro caso. Pernambuco confirmou sete mortes. Com isso, chega a 202 o número de mortos pela Covid-19 no país. São Paulo registra 136 mortes e o Rio de Janeiro tem 23 casos fatais da doença.

O governo do Pará também atualizou os números nesta manhã e agora são 32 casos da doença no estado. Minas Gerais tem 275 casos confirmados e subiu para 10 o número de casos no Amapá. O governo de Sergipe confirmou mais dois casos nesta terça e Pernambuco chegou aos 87 casos confirmados.

O Rio Grande do Sul atualizou o número de casos para 305. Goiás chegou a 65 casos e o Rio Grande do Norte tem 82 infectados pela doençaBahia tem 217 casos confirmados, o Distrito Federal tem 333 e Santa Catarina registra 235 casos.

Ministério da Saúde atualizou seus números nesta terça-feira (31), informando que o Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março).

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas