conecte-se conosco

Geral

Cemig desliga rede de energia em cidades da Zona da Mata por causa de temporal

Avatar

Publicado

em

Segundo companhia, foram atingidos os municípios de Abre Campo, Pedra Bonita, Rio Casca, Santa Cruz do Escalvado, Santo Antônio do Grama, São Pedro dos Ferros e Urucânia.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, nesta segunda-feira (4), que precisou fazer o desligamento emergencial da rede de energia elétrica que abastece sete municípios da Zona da Mata por causa da forte chuva que atingiu a região.

Foram afetadas as cidades de Abre Campo, Pedra Bonita, Rio Casca, Santa Cruz do Escalvado, Santo Antônio do Grama, São Pedro dos Ferros e Urucânia.

Segundo a Cemig, com a cheia, as águas do Rio Casca poderiam entrar em contato com a rede de energia, trazendo riscos de choque elétrico à população.

A companhia informou que já enviou equipes de técnicos para a região. Porém, segundo a empresa, devido à queda da ponte que liga Ponte Nova a Rio Casca e à cheia do rio, o tempo para a chegada dos profissionais será maior que o habitual, já que o trajeto foi aumentado em cerca de 140 quilômetros.

Ainda conforme a Cemig, “assim que o risco tiver sido controlado, irá efetuar a normalização do sistema elétrico da região”.

Chuva na Zona da Mata

Em Santa Cruz do Escalvado, ruas viraram “rios” e moradores ficaram ilhados após uma forte chuva neste domingo (3). Imagens registradas por celular mostram árvores e imóveis encobertos pela água inundação.

De acordo com a prefeitura, 18 famílias estão desabrigadas no município, que tem cerca de 5 mil habitantes. A única policlínica da cidade ficou totalmente destruída. O prédio da prefeitura, da Polícia Militar (PM) e da Câmara Municipal também foram atingidos.

As pontes que dão acesso à cidade foram levadas pela enxurrada. Ainda segundo a prefeitura, o município está sem água, sem energia elétrica e sem telefone nesta segunda-feira (4).

Em Rio Casca, a BR-262 foi totalmente interditada na altura do km 120. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a pista está alagada e não há previsão de liberação.

A chuva também atingiu vários pontos de Ponte Nova. O córrego Passa Cinco transbordou, deixando ruas alagadas. A água também invadiu várias casas.

Urucânia também é uma das cidades afetadas pela chuva na região. Segundo o prefeito Frederico de Carvalho, há quatro desaparecidos em uma comunidade rural, entre eles duas crianças e uma mulher. Uma casa teria desabado e os moradores teriam sido arrastados pela água. Um temporal atingiu a cidade nesta madrugada. Foram cinco horas de chuva e uma precipitação de cerca de 150 mm, de acordo com o prefeito. Também há pessoas desalojadas sendo levadas para abrigos.

Tromba d'água atingiu a cidade de Urucânia, na Zona da Mata, na madrugada desta segunda (4). (Foto: Divulgação/ Prefeitura)

Tromba d’água atingiu a cidade de Urucânia, na Zona da Mata, na madrugada desta segunda (4). (Foto: Divulgação/ Prefeitura)

Em Muriaé, dois idosos, de 61 e 63 anos, sofreram um acidente na manhã desta segunda ao bater com o carro na barreira de pedras da BR-116. O trecho está interditado desde a madrugada de sábado (2), depois que uma encosta caiu no Km 714 da rodovia. Choveu na região durante todo o final de semana e não há previsão para liberação da pista.

Também nesta segunda, algumas casas foram alagadas pela enchente e a MG-108 foi interditada após uma forte chuva em Lajinha. O Rio São Domingos transbordou e o asfalto da rodovia cedeu abrindo uma cratera. O local está interditado.

 Com informações do G1 MG, Belo Horizonte

Brasil

Segunda vítima do novo coronavírus em Minas morreu três dias depois da internação, diz hospital

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

Vinicius Silva

Publicado

em



Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença — Foto: Getty Images

 

O homem de 66 anos tinha cardiopatia e diabetes. Minas Gerais tem 275 casos confirmados.

O homem de 66 anos que morreu vítima do novo coronavírus em Belo Horizonte ficou três dias internado. De acordo com o Hospital Semper, ele chegou na última sexta-feira (27) em estado grave e foi direto para o Centro de Tratamento intensivo (CTI).

O paciente, que não teve o nome divulgado, tinha cardiopatia e diabetes. Ainda segundo o hospital, todo o protocolo de tratamento da covid-19 foi seguido, mas ele não resistiu e morreu nesta segunda-feira (30).

Esta foi a segunda morte por novo coronavírus confirmada em Minas Gerais pela Secretaria de Estado de Saúde.

O homem ficou em isolamento durante todo o período em que esteve na unidade. O número de leitos do Semper, que é um hospital particular, passou de 30 para 48 na tentativa de atender os pacientes com covid-19.

Minas Gerais tem 275 casos confirmados da doença e 34.224 casos suspeitos. Além disso, outras 40 mortes estão em investigação no estado.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo

Brasil

Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março

5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

Vinicius Silva

Publicado

em



Secretarias estaduais de saúde contabilizam 5.812 infectados em todos os estados e 202 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 22h00 desta terça-feira (31), 5.812 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil.

O governo do Amazonas confirmou a terceira morte no estado e em Minas Gerais constatada a segunda morte pela doença. A primeira morte também foi confirmada em Alagoas. No começo da tarde, a Paraíba confirmou a primeira morte. O Distrito Federal registra três casos fatais da Covid-19 e o Mato Grosso do Sul teve seu primeiro caso. Pernambuco confirmou sete mortes. Com isso, chega a 202 o número de mortos pela Covid-19 no país. São Paulo registra 136 mortes e o Rio de Janeiro tem 23 casos fatais da doença.

O governo do Pará também atualizou os números nesta manhã e agora são 32 casos da doença no estado. Minas Gerais tem 275 casos confirmados e subiu para 10 o número de casos no Amapá. O governo de Sergipe confirmou mais dois casos nesta terça e Pernambuco chegou aos 87 casos confirmados.

O Rio Grande do Sul atualizou o número de casos para 305. Goiás chegou a 65 casos e o Rio Grande do Norte tem 82 infectados pela doençaBahia tem 217 casos confirmados, o Distrito Federal tem 333 e Santa Catarina registra 235 casos.

Ministério da Saúde atualizou seus números nesta terça-feira (31), informando que o Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março).

Fonte: https://g1.globo.com/



Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas