conecte-se conosco

Brasil

Casa desmorona em Raul Soares durante enchente; veja vídeo

Um vídeo que se espalhou neste domingo (26) pelas redes sociais mostra o momento em que uma casa às margens do rio Matipó, em Raul Soares, na Zona da Mata, desmorona. O imóvel era o lar da família do auxiliar administrativo Thiago dos Santos Costa Rocha, de 31 anos, que saiu do local dez minutos antes da estrutura ruir.

Vinicius Silva

Publicado

em

Um vídeo que se espalhou neste domingo (26) pelas redes sociais mostra o momento em que uma casa às margens do rio Matipó, em Raul Soares, na Zona da Mata, desmorona. O imóvel era o lar da família do auxiliar administrativo Thiago dos Santos Costa Rocha, de 31 anos, que saiu do local dez minutos antes da estrutura ruir. 

Duas famílias moravam no imóvel de dois pavimentos, os sogros de Thiago no andar de baixo e ele, a esposa e o filho de cinco anos no segundo andar. “A enchente começou na sexta (24) e meus sogros e minha esposa e meu filho foram para a casa do meu cunhado, mas eu fiquei porque não acreditei que chegaria ao segundo piso”, relatou. Na manhã de sábado, no entanto, Thiago acordou com a água já dentro de casa e acabou ilhado, tendo que ser resgatado pela Polícia Militar em um barco.

Na manhã de domingo, quando a casa desabou, a família havia voltado ao local para verificar a situação. A água já havia baixado e, no vídeo, é possível ver até onde ela chegou pela marcação na fachada. “Eu e meu cunhado entramos, olhamos algumas coisas e saímos, depois minha esposa entrou, pegou uma sacola com documentos e saiu, lá fora vimos o tamanho da rachadura na parede e os estalos começaram, dez minutos depois a casa caiu”, detalhou.

Segundo ele, a força da água também destruiu uma ponte que ficava ao lado do imóvel. Thiago acredita que os escombros da estrutura fizeram aumentar a pressão da água, o que pode ter sido responsável pelos danos à estrutura de sua casa. Outra casa, segundo ele, também foi derrubada pela cheia. Os sogros moravam no local há mais de quarenta anos e ele e a esposa haviam se mudado para o andar de cima há cinco. Segundo ele, a enchente nunca havia chegado tão alto.

Perdas

As duas famílias perderam tudo no desmoronamento. “Foram duas geladeiras, duas televisões, duas máquinas de lavar, roupas, documentos, brinquedos do meu filho, eram coisas simples, mas era o que a gente tinha e nos atendia muito bem”, lamentou.

Thiago e a família continuam na casa do cunhado. O auxiliar administrativo não soube precisar valor do prejuízo, mas vai sair nesta segunda-feira (27) em busca de um lugar para morar e tomar as providências necessárias. Ele ainda criou uma vaquinha online para arrecadar fundos e recuperar o que foi perdido na chuva. Cliqe aqui para ajudar a família de Thiago.

A cidade de Raul Soares é uma das 47 incluídas no decreto estadual de Emergência em razão das consequências das chuvas que assolam o Estado desde o meio da última semana.

Fonte> https://www.hojeemdia.com.br/

Continue lendo
Publicidade

Brasil

Muriaé: terra treme novamente na madrugada desta terça feira

Avatar

Publicado

em

MURIAÉ (MG) – No início da madrugada desta terça-feira (25/02), mais uma vez moradores de diversos bairros ficaram assustados com um estrondo seguido de forte tremor de terra na cidade de Muriaé. Foi o terceiro episódio em quatro dias.

Moradores dos bairros Gaspar, União, São José, Prainha, Barra, Safira, Cerâmica, parte do Planalto e outras regiões, ficaram apavorados e a maioria deixou suas casas. Bombeiros e Defesa Civil foram acionados, porém nada foi constatado.

A população assustada, quer uma resposta concreta sobre esses tremores de terra, que aconteceram na tarde de sexta-feira (21) e voltaram nesta madrugada. Até o momento não houve a manifestação das autoridades competentes a respeito desta situação anormal para a região.

DOIS TREMORES

Dois tremores de terra foram registrados na tarde desta sexta-feira (21), em Muriaé. Segundo o Laboratório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), um abalo atingiu a magnitude de 2,4 graus na Escala Richter e outro 2,2 graus.

Segundo a Prefeitura de Muriaé, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros foram para as ruas averiguar a situação no município. Não há informações de feridos ou de ocorrências.

Sobre o abalo, a Defesa Civil informou que ele foi sentido principalmente nos bairros Barra, Gaspar, Dornelas, Aeroporto, União, São José, Planalto e São Joaquim.

De acordo com o morador do Bairro União, Ailton Fernandes Corrêa, ele sentiu vários tremores nesta tarde.

“O último pareceu que jogaram uma pedra no portão. A casa tremeu toda”, descreveu.

Em nota, a Prefeitura disse que sobre os abalos de terra que foram sentidos em Muriaé nesta sexta-feira (21), a Defesa Civil informou que entrou em contato com o Observatório Sismológico de Brasília a fim de obter mais informações sobre o ocorrido.

Segundo o texto, “embora haja relatos de vários abalos, apenas dois foram detectados pelo sistema, sendo que o mais forte deles alcançou o índice de 2,4 na Escala Richter, ficando dentro do patamar de classificação colocado como ‘Muito Pequeno’. Portanto, não há motivo para pânico ou preocupações”.

Ainda conforme a Administração, os abalos muito provavelmente foram provocados por causas naturais, não havendo qualquer relação com supostas obras ou implosões.

Por fim, a Prefeitura de Muriaé, através da Defesa Civil, informou que “permanece atenta a eventuais novas ocorrências e que em caso de emergência o órgão permanece em funcionamento.

Com informações da Rádio Muriaé e do G1 Zona da Mata

Continue lendo

Brasil

Colisão entre dois veículos mata uma pessoa em Santa Margarida MG

Avatar

Publicado

em

Bruno César Vieira Couto, 27 anos, morreu numa colisão entre um Fiat Uno e um micro-ônibus, no km 05 da LMG 832, estrada que liga Santa Margarida MG à BR 262.

Funcionário do Hospital de Santa Margarida, Bruno conduzia o Fiat Uno, quando perdeu o controle da direção do veículo, invadiu a contramão e colidiu de frente com o micro-ônibus de Alto Caparaó, que se dirigia para um encontro religioso em Santa Margarida.

O passageiro do Uno, Heligreison Alves Moura, 22 anos, ficou ferido e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao pronto atendimento de Manhuaçu.

Foi necessário o uso de aparelho desencacerrador para retirar Heligreison de dentro do veículo que ficou parcialmente destruído. Ele sofreu fratura de fêmur e suspeita de fratura no braço e escoriações.

O condutor do veículo, Bruno César, morreu no local. Após os trabalhos da perícia da Polícia Civil, o corpo foi liberado para funerária e os veículos retirados do local.

No micro-ônibus, ninguém se feriu. O Pastor Thiago Estorino Monteiro e uma equipe de membros da Igreja Batista de Alto Caparaó permanecerem no local prestando o auxílio necessário aos familiares das vítimas.

Com informações do Jailton Pereira – [email protected]

Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas