conecte-se conosco

Esportes

Braz alega compromissos e adia reunião para apresentar planos do Flamengo por Felipe Melo

Avatar

Publicado

em

Dirigente passa o dia em São Paulo enquanto encontro aconteceria no Rio. Representante do volante do Palmeiras prefere aguardar do que conversar com terceiros e espera novo contato

Ainda não foi nesta quinta-feira que as negociações entre Flamengo e Felipe Melo avançaram. Por incompatibilidade de agendas, o novo vice de futebol Marcos Braz não conseguiu se reunir com o empresário Eduardo Cornacini. O projeto para contratar o volante do Palmeiras segue de pé.

O encontro estava previsto para a noite desta quinta-feira, no Rio de Janeiro. No entanto, Marcos Braz passou o dia em São Paulo e teve de adiar o compromisso com Cornacini. Uma nova reunião ainda não tem data marcada.

O Rubro-Negro mantém a postura de buscar a liberação sem custo do Palmeiras do último ano de contrato e sabe que isso passa muito pelo processo de persuasão de Felipe Melo. O clube deseja tê-lo como símbolo da mudança de perfil tão propagada pelo grupo de Rodolfo Landim durante campanha. O clube paulista não pretende facilitar a negociação.

O jogador tem conhecimento do desejo do Flamengo em seu retorno, mas deixa a situação nas mãos de Eduardo Cornacini. Nesta quinta, Felipe Melo postou nas redes sociais que está de férias na praia e deixa assuntos de trabalho com seu representante.


– Não participei de reunião nenhuma e nem vou participar. Para deixar claro, estou na praia, curtindo férias e qualquer assunto de trabalho é tratado com as pessoas que me representam. A única coisa que tenho procurado é o sol! E ja encontrei!
O Flamengo projeta um contrato mais longo, de dois anos, para que o volante de 35 anos se aposente no clube que o revelou. Até por isso, a intenção é apresentar um projeto que não se restrinja a questão financeira.

Fonte: G1- André Hernan, Cahê Mota e Marcelo Baltar — São Paulo e Rio de Janeiro

Esportes

Cruzeiro recebe aviso de que será excluído do Profut, e diretoria provisória prepara recurso

Avatar

Publicado

em

Sede do Cruzeiro — Foto: Diego Domingues

Cruzeiro. Caso seja impedido de prosseguir no programa de refinanciamento fiscal, clube perderá todos os benefícios obtidos na adesão e voltará a ter receitas bloqueadas e penhoradas pelo governo

Avisado pela Apfut, órgão público que fiscaliza o cumprimento do Profut, o Cruzeiro está próximo de ser excluído do programa do governo federal para o refinanciamento de dívidas fiscais. A informação foi confirmada ao blog na tarde desta terça-feira por Saulo Fróes, presidente do conselho gestor que administra provisoriamente o clube.

A associação está inadimplente no pagamento de impostos correntes e das parcelas do Profut. Além disso, a sua avaliação foi prejudicada pela decisão da presidência de Wagner Pires de Sá, no ano passado, de contabilizar irregularmente a venda do uruguaio Arrascaeta no balanço de 2018 – o meia foi vendido apenas em 2019.

Caso seja mesmo excluído em definitivo do Profut, o Cruzeiro perderá todos os benefícios que obteve no momento da adesão e voltará a ter receitas bloqueadas e penhoradas pelo governo.

Existe possibilidade de recurso. A diretoria do clube celeste poderá apresentá-lo ao plenário da Apfut, a Autoridade Pública de Governança do Futebol, criada em 2015 para fiscalizar o refinanciamento fiscal.

– Nós estivemos na semana passada com o presidente da Apfut para falar sobre esse assunto e fomos comunicados de que receberemos a notificação. Nós iremos entrar com recurso e temos grandes chances de reverter. Demonstramos que hoje o clube está sendo gerido por pessoas sérias e compromissadas – afirmou Saulo Fróes em mensagem ao blog.

A defesa do Cruzeiro e a análise da Apfut no plenário precisarão aguardar a nomeação de todos os membros do órgão. A Secretaria Especial do Esporte (em substituição ao Ministério do Esporte) nomeou o contador Benny Kessel para a presidência no segundo semestre do ano passado, mas ainda está pendente a nomeação dos demais integrantes.

O tamanho da dívida

Na lista de devedores da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o Cruzeiro aparece com R$ 262 milhões em impostos não pagos – dos quais R$ 254 milhões correspondem a dívidas tributárias (como Imposto de Renda de funcionários retido pelo clube, mas não repassado ao governo) e R$ 8 milhões em dívidas previdenciárias (como INSS).

A quantia inclui apenas a impostos correntes, ou seja, não inclui dívidas reparceladas com o governo federal pelo Cruzeiro por meio do Profut.

De acordo com o balanço financeiro mais recente publicado pelo clube, referente ao exercício de 2018, havia R$ 176 milhões refinanciados por meio do Profut. Este valor pode ter aumentado no decorrer de 2019 devido a juros e não pagamento das parcelas do programa do governo.

Fonte: Blog do Rodrigo Capelo Jornalista especializado em negócios do esporte – globoesporte.globo.com

Continue lendo

Esportes

Mário Bittencourt nega acerto do Fluminense com Fred: “Segue vinculado ao Cruzeiro”

Avatar

Publicado

em

Presidente pediu a palavra ao fim das apresentações de Wellington Silva, Fernando Pacheco e João Lopes para negar informação de que atacante já teria fechado com Tricolor

Mário Bittencourt, presidente do Fluminense — Foto: Lucas Merçon

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, pediu a palavra ao fim da coletiva de apresentação de Wellington Silva, Fernando Pacheco e João Lopes para negar que tenha acertado com Fred. O mandatário lembrou que o atacante segue vinculado ao Cruzeiro e reforçou que só abrirá negociações quando houver o distrato com o clube mineiro. Confira a declaração do dirigente:

“Hoje, mais uma vez, pela manhã, foi divulgada uma notícia que não é verdadeira, de que o Fluminense se acertou com o Fred. Essa notícia não procede. O Fred segue vinculado ao Cruzeiro. E como eu já disse 450 vezes e vou dizer 451: enquanto o Fred estiver vinculado a outro clube, a gente não conversa e não negocia. As pessoas chutam para que, se daqui a um mês, se ele vier, dizer: “eu falei 30 dias atrás”. Se é esse o tipo de jornalismo que o pessoal gosta de fazer, eu lamento profundamente. O Fred não tem nenhum acerto com o Fluminense, não tem nenhuma negociação em curso com o Fluminense, segue vinculado ao Cruzeiro. Esta semana saiu uma matéria dizendo que ele tinha se desvinculado do Cruzeiro, no dia seguinte ele estava treinando no Cruzeiro. Enquanto ele estiver vinculado a gente não conversa com ele. Isto é líquido e certo. Todos os jogadores vêm aqui e dizem que têm vontade de jogar com o Fred. Isso é uma questão óbvia. Se eu fosse jogador, também gostaria. Como torcedor, quero que ele volte a vestir a camisa do Fluminense. A hora que estiver desvinculado eu vou fazer de tudo para trazê-lo de volta. Por enquanto é especulação e chute”

Fred segue em busca de um acordo com o Cruzeiro para acertar sua rescisão com o clube, com o qual tem contrato até o fim da temporada. Enquanto isso, ele treina em separado do grupo na Toca da Raposa. A dívida da Raposa com o atacante é o principal entrave para um distrato rápido. O valor estimado do débito de mais de R$ 25 milhões. Além disso, a multa de R$ 10 milhões pela ida do Atlético-MG diretamente para o Cruzeiro á mais um complicador.

Fred tem a receber salários atrasados, direitos de imagem (nunca pagos pela Raposa), férias, 13º e atraso no pagamento do FGTS, além de luvas pela assinatura do contrato de trabalho em dezembro de 2017. E não abre mão dos direitos e do que foi acertado de receber no contrato efetuado. Seu representante também tem atrasados a receber com o Cruzeiro.

O atacante até aceitou o parcelamento do valor devido, mas o clube mineiro, no momento, não tem condições de aceitar e, principalmente, honrá-lo. Mesmo que o valor fosse parcelado em vários anos, pesaria no bolso cruzeirense, que passa por uma grave crise financeira.

Cada reunião entre Fred e a diretoria celeste nas últimas semanas sem um martelo batido aumentava a ansiedade de boa parte da torcida tricolor, que apoia a volta do atacante. O jogador e o Fluminense têm desejo mútuo no retorno da união. A tendência é que, uma vez encerrado o vínculo com o Cruzeiro, um acordo com o Fluminense seja atingido rapidamente.

Fonte: Thiago Lima — Rio de Janeiro – globoesporte.globo.com

Continue lendo
Publicidade

Facebook

Siga-nos

Publicidade

Mais lidas