Connect with us

Notícias

Bolo Gelado de Leite Ninho com Morangos

Publicado

em

Ingredientes: 
PARA A MASSA
6 ovos inteiros
2 xícaras de chá de açúcar
1 xícara de chá de água
3 xícaras de chá de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 colher de sopa de fermento em pó

PARA A CALDA
2 xícaras de chá de guaraná
1/2 xícara de chá de leite condensado

PARA O RECHEIO E A COBERTURA
400g de manteiga sem sal
1/2 xícara de chá de açúcar de confeiteiro
1 lata de leite condensado
1 e 1/2 xícara de chá de leite em pó
1 lata de creme de leite sem soro gelado
200g de chocolate branco

MONTAGEM
2 caixas de morangos picados adoçado com 3 colheres de sopa de açúcar.

Modo de Preparo: 
MODO DE PREPARO DA MASSA
Na batedeira, bata os ovos e o açúcar por 15 minutos.
Continue batendo e adicione a água.
Pare a batedeira e acrescente o sal, a farinha de trigo e o fermento. Misture com um fouet.
Coloque a massa em uma assadeira untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 35 a 40 minutos.

MODO DE PREPARO DA CALDA
Misture o guaraná ao leite condensado.

MODO DE PREPARO DO RECHEIO E DA COBERTURA
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar de confeiteiro por 10 minutos.
Pare de bater e acrescente o leite condensado, o chocolate branco derretido e o leite em pó. Misture um pouco com uma colher e continue a bater até misturar todos os ingredientes.
Pare de bater, acrescente o creme de leite sem soro e misture com um fouet.
Deixe na geladeira por 1 hora antes de utilizar.

MONTAGEM
Corte o bolo em quantas partes desejar.
Molhe a massa com a calda.
Coloque o morango.
Coloque o recheio.
Repita os processos 2 a 4 se o bolo tiver mais de uma camada.
Cubra com o recheio.
Sirva gelado.

Economia

Câmara aprova MP que fixou, em janeiro, salário mínimo em R$ 1.212 | Política

Publicado

em

A Medida Provisória (MP) foi publicada na edição do dia 31 de dezembro do Diário Oficial da União (DOU) e, desde então, o novo valor passou a valer. Para se tornar lei definitiva, precisa ser aprovada pelo Congresso até o dia 1º de junho.

Os R$ 1.212 estão alinhados com o valor fixado no Orçamento de 2022, aprovado pelo Congresso em 21 de dezembro, com base em uma previsão de 10,18% para o INPC.

De acordo com informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para 56,7 milhões de pessoas no Brasil, das quais 24,2 milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

No Brasil, 33 milhões de pessoas sobrevivem com menos de um salário mínimo

Durante a tramitação na Câmara, foram apresentadas 11 emendas, todas na tentativa de aumentar o valor do salário mínimo.

A relatora da matéria, deputada Greyce Elias (Avante-MG), contudo, rejeitou as mudanças e recomendou a aprovação do texto na forma como foi enviado pelo Executivo.

“Estima-se que cada aumento bruto de R$ 1,00 no valor do salário mínimo provoca o aumento de, aproximadamente, R$ 364,8 milhões, para o ano de 2022”.

Segundo ela, “nesse momento de grandes dificuldades econômicas do País, torna-se inviável a aprovação das 11 emendas apresentadas.”

Salário mínimo deveria ser cinco vezes maior, aponta estudo

Salário mínimo deveria ser cinco vezes maior, aponta estudo

A parlamentar argumenta que, embora o aumento do salário mínimo também aumente as contribuições previdenciárias, “essa elevação é pequena no cotejamento em relação ao impacto bilionário sobre as despesas”.

“Além disso, alterar o valor do salário-mínimo traria uma enorme insegurança jurídica, depois dos benefícios sociais e previdenciários e dos salários terem sido pagos a milhões de pessoas. Os empregadores teriam de reprocessar todas as folhas de pagamento, e rever as rescisões trabalhistas e o recolhimento das contribuições sociais, trazendo um grande ônus para a sociedade.”

A oposição criticou a metodologia para a correção do salário mínimo, que corrige apenas a inflação.

“No momento em que as contas que são consideradas básicas para o povo brasileiro, como energia elétrica, por exemplo, que só no Ceará subiu 25%, como a questão dos combustíveis, que vem subindo de forma avassaladora nas contas das famílias, não podemos deixar de lamentar e nos indignarmos pela descontinuidade de uma política exitosa de valorização do salário mínimo, que previa a correção inflacionária do ano anterior somado ao crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] de dois anos anteriores, o que garantia um poder de compra muito maior do que a realidade do salário mínimo”, disse o líder do PDT, André Figueiredo (CE).

Fonte: g1.globo.com

Continue lendo

Notícias

Prefeitura divulga programação do primeiro mutirão de empregabilidade de Juiz de Fora | Concursos e Emprego

Publicado

em

Segundo o Executivo, o evento contará com oportunidades de emprego, capacitação, orientações e informações para quem deseja gerar renda, seja por meio do mercado de trabalho formal, empreendedorismo ou autogestão e organização coletiva do trabalho.

No Parque Halfeld, equipes de recursos humanos de cerca de 15 empresas e entidades representativas receberão currículos para o preenchimento de mais de 700 vagas. Os interessados devem consultar as oportunidades de interesse no link ao final da reportagem, e preparar o currículo de acordo com as exigências.

A Prefeitura ressaltou que os profissionais devem se atentar aos documentos exigidos para cada vaga e levar o currículo impresso, um para cada oportunidade de interesse.

O “GerAÇÃO JF” terá atendimento prioritário para pessoas com deficiência e um posto de orientação, da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH).

Também haverá cadastro e divulgação de cursos gratuitos, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senac) e Instituto Mix (Fort Educação). O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) apresenta novas tecnologias e tendências utilizadas na indústria.

A Sala do Empreendedor estará aberta para atendimentos. Os serviços incluem:

  • Análise de Viabilidade;
  • abertura e legalização de empresas;
  • Formalização; alteração e baixa de MEI;
  • Emissão de guias de pagamento e do Certificado CCMEI;
  • Consulta de débitos e parcelamento MEI;
  • Declaração Anual (DASN), além de orientações sobre Processo de registro de empresas e MEI;
  • Licenciamento municipal; Legislações de uso e ocupação do solo;
  • Criação de cooperativas e associações.

A Vigilância Sanitária esclarecerá dúvidas sobre o processo de licenciamento sanitário.

  • 9h30 – Empreenda com Sucesso – Sebrae – Fórum Municipal da Micro e Pequena Empresa
  • 10h30 – Marketing e Vendas sem Mistério – Enove – Fórum Municipal da Micro e Pequena Empresa
  • 11h30 – Sustentabilidade – a prática de projetos em diálogo com o ambiente de pequenos negócios – Studio Dialeto – Fórum Municipal da Micro e Pequena Empresa
  • 13h – Debate: melhoria do ambiente de negócios e o tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas – participação do secretário de Desenvolvimento, Ignácio Delgado; do coordenador da Sala Mineira do Empreendedor, Diego Farneiro; do Diretor-presidente da Emcasa (em substituição), Diogo Fernandes; e do analista do Sebrae MG, Paulo Veríssimo – Fórum Municipal da Micro e Pequena Empresa
  • 14h – Tendências e comportamentos para acesso ao novo mercado de trabalho – professor Luciano Cardoso de Melo – Senai
  • 14h30 – Mercado de Trabalho: Você está Preparado? – Senac
  • 9h30 – Marketing Digital – Sebrae
  • 10h30 – Economia Solidária: O que é, como se organiza e como participar – Intecoop
  • 11h30 – Minicurso Sindicato da Beleza – Sinprobel
  • 14h – Montagem de Currículo e comportamento em entrevistas – Talent Hunter
  • 15h – Boas práticas nos Serviços de Alimentação – Vigilância Sanitária
  • 10h – Gestão Financeira na Prática para Microempreendedores – Professor Marco Aurélio Kitesmann, Pesquisa de ponta da UFJF
  • 11h – Vendas – Sebrae
  • 14h – Minicurso Sindicato da Beleza – Sinprobel
  • 14h30 – Economia Solidária: O que é, como se organiza e como participar – Intecoop

Atividades para crianças

  • 10:30 às 12:30 Oficinas: Escultura de Balão e Pintura Facial;
  • 10:30 às 12:30 Xadrez e dominó gigante;
  • 11:00 às 12:00 Entrega dos desenhos das crianças fixados no Varal;
  • 11:00 às 12:00 Apresentação musical;
  • 12:30 Fechamento

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campos das Vertentes

Fonte: g1.globo.com

Continue lendo

Economia

Drones tripulados: pelo menos 350 pessoas pagaram o equivalente a R$ 80 mil e tem brasileiro na fila | Fantástico

Publicado

em

“A gente fica com aquela imaginação do painel do controle de um avião, mas é bem simples na verdade. Você tem um painel que vai avisar quanto tempo você ainda tem de voo. E um velho joystick, daqueles videogames antigos, para a frente, pra trás, para um lado para o outro; você pode girar um pouquinho. E se você tira a mão do drone, ele desacelera sozinho até começar a planar. E desse lado ainda tem uma alavanca que determina que altitude você vai ficar”, comenta o repórter Pedro Vedova ao entrar no drone tripulado.

  • Drones tripulados: sonho de fugir do trânsito pelo alto está próximo de se tornar realidade; entenda
  • Relembre 5 matérias futuristas que o Fantástico já mostrou

O drone ‘Jetson’ pegou o nome do desenho famoso. Os Jetsons levaram a imaginação lá no alto.

Pedro Vedova em um drone tripulado — Foto: Fantástico

Não importa qual ficção científica a gente fale, o carro-voador tá lá. Agora, o futuro de ‘Blade Runner’ foi em 2019 e o do ‘De volta para o futuro’ também já é passado

Pelo menos 350 pessoas compraram esse presente. Elas pagaram o equivalente a R$ 80 mil. Tem brasileiros na fila. Os dois querem ter essa experiência.

Um computador de bordo não deixa a velocidade passar de 102 quilômetros por hora. Com as baterias atuais, o voo não dura mais que 20 minutos.

“É um projeto recreativo, não estamos tentando resolver nenhum problema de mobilidade urbana. A gente brinca que é um jet ski pro céu”, conta Peter Ternström, presidente da Jetson.

Peter descreveu ostentação entre os compradores:

“Eles se veem como um James Bond. Querem a coisa mais legal do mundo. O vizinho pode até ter um carrão, mas eles têm um Jetson”, comenta.

Veja a reportagem completa no vídeo abaixo:

Drones para passageiros: o sonho de escapar do engarrafamento pelo céu está mais perto

Ouça os podcasts do Fantástico

O podcast Isso É Fantástico está disponível no G1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo.

O podcast ‘Prazer, Renata’ está disponível no G1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o ‘Prazer, Renata’ na sua plataforma preferida. Toda segunda-feira tem episódio novo.

Fonte: g1.globo.com

Continue lendo
Publicidade


Mais lidas

Subscribe for notification