Connect with us

Mundo

Ali Khamenei lidera multidão em homenagem a general iraniano em Teerã, no Irã

As homenagens ao general começaram no sábado (4) ainda no Iraque. Depois de sair de Bagdá, o corpo passou pelas cidades de Karbala e Najaf, consideradas sagradas pelos muçulmanos xiitas.

Kelly Dias Santos

Published

on

As homenagens ao general começaram no sábado (4) ainda no Iraque. Depois de sair de Bagdá, o corpo passou pelas cidades de Karbala e Najaf, consideradas sagradas pelos muçulmanos xiitas.

Aiatolá Ali Khamenei (ao centro) participa de funeral de Qassem Soleimani em Teerã — Foto: Site oficial de Ali Khamenei/Reuters

No domingo (5), o corpo seguiu para o Irã e milhares de pessoas participaram do funeral, que começou na cidade de Ahvaz, no sudoeste do Irã. De lá, o corpo de Suleimani seguiu para Mashhad, no nordeste do país. Na terça (7), o cortejo chegará a Kerman, cidade natal do general, onde será realizado o sepultamento.

Qassem Soleimani foi morto em um ataque americano em Bagdá, no Iraque. Ele será enterrado na terça-feira.

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, chegou a chorar durante uma homenagem ao general iraniano Qassem Soleimani, morto em um ataque americano em Bagdá (Iraque), no funeral que reúne milhares de pessoas, em Teerã, nesta segunda-feira (6).

Carregando cartazes com o retrato de Soleimani, milhões de pessoas se reuniram nos arredores da Universidade da capital iraniana, onde Khamenei fez orações pelo general que comandava a Força Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária Iraniana com atuação no exterior.

Os caixões de Soleimani e do líder miliciano iraquiano Abu Mahdi al-Muhandis, que foi morto no mesmo ataque em Bagdá, foram transportados pelos populares.

A mobilização popular lembra as massas que reuniram em 1989 para o funeral do fundador da República Islâmica, o aiatolá Ruhollah Khomeini, segundo Reuters.

A filha do general, Zeinab Soleimani, declarou que o “plano maligno” do presidente americano, Donald Trump, de causar separação entre o Iraque e o Irã, falhou.
Líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, chora durante cerimônia em homenagem ao general Qassem Soleimani em Teerã, no Irã, nesta segunda-feira (6) — Foto: Iran Press / AFP

Fonte : https://g1.globo.com/

Advertisement
Advertisement
Advertisement EuTeSalvo - Salvando os melhores blogs!
Enable Notifications    OK No thanks